Regina Duarte é alvo de ação por “apologia a crimes de tortura” após entrevista à CNN Brasil

Regina Duarte
Regina Duarte é alvo de ação após entrevista polêmica (Imagem: Reprodução / Globo)

O chilique de Regina Duarte em entrevista à CNN Brasil quando ainda era secretária de Cultura do Governo Bolsonaro rendeu frutos. E nada doces. A atriz foi alvo de uma ação da Justiça do Federal do Rio de Janeiro por apologia a crimes de tortura praticados na ditadura.

De acordo com as informações do jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, a denúncia foi feita por Lygia Jobim, filha do embaixador José Jobim, uma das vítimas da ditadura militar de 1964. Para a herdeira, Regina Duarte fez pouco caso sobre os atos dos militares na época em que eles comandavam o país.

Por meio do seu advogado, Carlos Nicodemos, Lygia pediu uma indenização de R$ 70 mil. Foi a primeira manifestação jurídica contra as declarações da veterana na entrevista. Na época, a mãe de Gabriela Duarte recebeu uma enxurrada de críticas dos seus colegas de profissão.

No dia 7 de maio, a ex-contratada da Globo concedeu entrevista à CNN e fez escândalo quando um vídeo da atriz Maitê Proença foi anunciado por Daniela Lima. “[Vocês] estão desenterrando mortos. Vocês estão carregando um cemitério nas costas. Vocês devem estar cansados. Fiquem leves, vamos para frente”, pediu.

Antes, o primeiro choque: Regina minimizou as mortes da ditadura e cantou Pra Frente Brasil, canção associada aos militares. “Não era gostoso cantar isso?”, questionou. Antes, citou Stalin e Hitler. “Na humanidade, não para de morrer [gente]. Por que as pessoas ainda ficam ó [chocadas]? Não quero arrastar um cemitério de mortos nas costas”, defendeu.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.