Relembre os personagens marcantes de Paulo Gustavo, que morreu vítima da covid

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo (Hermínia), Alexandra Ritcher (Iesa) e Patricya Travassos (Lúcia Helena) em Minha Mãe é uma Peça 3; personagem é um sucesso (Imagem: Divulgação / Globo Filmes)

O Brasil está mais triste com a notícia da morte de Paulo Gustavo. O comediante, que alegrou milhões de brasileiros na televisão, nas telonas e também nos teatros foi mais uma vítima da covid-19, após quase dois meses internado.

O ator, morto nesta terça-feira (4), porém, será lembrado para sempre pelos seus tipos diferentes, entre perucas, dentaduras, figurinos e bordões, que fizeram sucesso nos últimos anos.

Paulo nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras. A primeira peça da qual participou foi O Surto, em que dividia a direção com Fernando Caruso, em 2004. Foi a primeira vez que ele apresentou a personagem Dona Hermínia.

A personagem ganhou peça própria em 2006 e chegou ao cinema sete anos depois. Os três filmes de Minha Mãe é Uma Peça venderam mais de 26 milhões de ingressos entre 2013 e 2020. O terceiro filme teve a maior arrecadação da história do cinema brasileiro, com R$ 182 milhões de bilheteria.

O ator também esteve em Minha Vida em Marte (2018) e Os Homens São de Marte… e É Para Lá Que Eu Vou (2014), nos quais contracenou com a atriz e amiga Mônica Martelli. Outros sucessos do artista foram 220 Volts e A Vila, ambos do Multishow.

Relembre os personagens mais conhecidos de Paulo Gustavo:

Dona Hermínia

Dona Hermínia foi o maior sucesso de Paulo (Imagem: Divulgação)

Sem dúvidas, a mãezona de Niterói é a personagem mais famosa de Paulo Gustavo. Ela é inspirada na mãe do ator, Déa Lúcia Amaral, e esteve em peças e filmes da Minha Mãe é Uma Peça. A mãe superprotetora de Marcelina (Mariana Xavier) e Juliano (Rodrigo Pandolfo) fez muita gente se identificar pelo seu jeito espalhafatoso e sincerão.

De acordo com o site Box Office Mojo, Minha Mãe é uma Peça: O Filme (2013) arrecadou mais de 126 milhões de reais, Minha Mãe é uma Peça 2 (2016), por sua vez, embolsou mais de 226 milhões de reais e Minha Mãe é uma Peça 3 (2019) levou mais de 198 milhões de reais.

Senhora dos Absurdos

Senhora dos Absurdos chamou a atenção do público em 220 Volts (Imagem: Reprodução/ Multishow)

Outro sucesso do ator é a Senhora dos Absurdos, uma das personagens do 220 Volts, que ainda conta com a Ivonete, Mulher Feia, Nerd, Playboy, Sem Noção e Maria Enfisema. Ela faz jus ao nome com declarações polêmicas além da conta.

Valdomiro

Valdo fez sucesso em Vai Que Cola (Imagem: Divulgação/ Globo)

No sucesso da TV Vai Que Cola, Paulo deu vida ao Valdo, que é um malandro que, depois de se dar mal e perder sua vida de luxo no Leblon, passa a morar em uma pensão no bairro do Méier, tentando fugir da Polícia Federal.

No local, ele passa a conviver com Dona Jô (Catarina Abdala), a dona da pensão, de Ferdinando (Marcus Majella), Terezinha (Cacau Protásio), Wilson (Fernando Caruso), Jéssica (Samantha Schmütz), Máicol (Emiliano D’Ávila), Lacraia (Silvio Guindane) e Velna (Fiorella Mattheis).

Ivonete

A polêmica Ivonete também marcou a carreira do ator (Imagem: Reprodução/ Multishow)

Outro personagem que causou repercussão para o famoso foi Ivonete. Ela, inclusive, fez com que ele fosse criticado por fazer uso de blackface. Depois de críticas, a caracterização da figura do 220 volts foi modificada após as críticas, com uma maquiagem menos carregada. Ela sempre aparece bebendo e fazendo comentários sobre homens.

Aníbal

Aníbal, personagem de Os Homens São de Marte… E é pra Lá que Eu Vou! (Imagem: Divulgação)

Nos filmes Os Homens São de Marte… E é pra Lá que Eu Vou! e Minha Vida em Marte, Paulo Gustavo deu vida ao melhor amigo de Fernanda, Aníbal. Ele é um gay divertido que faz de tudo, mesmo às turras, para ajudar a personagem de Mônica Martelli, que passa por uma crise no casamento.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna "Do Fundo do Baú", publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›