Reprise na Record põe água nas negociações de Tom Cavalcante com a Band

Show do Tom
Show do Tom marcou época na Record e incomodou a Globo (Imagem: Divulgação / Record)

O inesperado anúncio da reprise do Show do Tom (2004-2011) na Record, a começar no próximo sábado (4), às 22h30, colocou água nas negociações de Tom Cavalcante com a Band.

O flerte do canal do Morumbi com o humorista rola desde 2019, mas até aqui não encontrou bases sólidas para configurar um casamento. A questão financeira pegou nessa história.

Esta coluna do RD1 apurou que além da reprise na concorrente atrapalhar a estratégia, o valor com direitos de imagem que o comediante receberá é superior ao montante que a Band chegou a oferecer a Tom. Além disso, a Record vislumbra faturar alguma coisinha com um dos melhores humorísticos da TV brasileira, o que pode aumentar os rendimentos do ex-global.

Data hoje, se as negociações caminhavam para um desfecho, conforme anteciparam Paulo Pacheco e Sandro Nascimento no Na Telinha, um acerto de Cavalcante com a emissora dos Saad ficou bem mais difícil de acontecer, pelo menos nos próximos tempos.

Além disso, apesar de ter partido do humorista o interesse de deixar o canal de Edir Macedo nove anos atrás, uma fonte da Barra Funda contou à coluna que a Record não descarta de pronto uma negociação para a remontagem do programa. Tudo, claro, dependerá da performance em audiência e faturamento. Aos sábados, o recém-encerrado Made in Japão, de Sabrina Sato, vinha levando um sacode da Band e ficando em quarto lugar.

Todavia, é bom lembrar que a preferência de Tom Cavalcante sempre foi retornar à Globo. Amigos como Fausto Silva e Roberto Carlos ajudaram nessa reaproximação, até aqui vitoriosa, uma vez que rendeu projetos no Multishow, do mesmo grupo. Porém, não há qualquer aceno para trabalhos no plim plim.

Além do comediante, o Show do Tom reuniu um time de peso: Tiririca, Shaolin (1971-2016), Pedro Manso, Robson Bailarino, Tirullipa, Alexandre Frota, Amim Khader, Viny Vieira, Carlinhos Mendigo, Solange Gaga, André Mattos, Natiel Laurindo (o anão Zero 1), entre outros.

CONTINUE LENDO →

João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.