Revista acusa Governo Bolsonaro de selecionar jornalistas para trabalhar no SBT

SBT
SBT abre espaço para ala do governo (Imagem: Lourival Ribeiro / SBT)

A entrada de Fábio Faria (PSD-RN) no Governo Bolsonaro como ministro das Comunicações não provocou mudanças apenas no quadro de auxiliares do governo federal. A chegada de um membro da família de Silvio Santos no Planalto provocou reações dentro do SBT.

Segundo a revista Crusoé, um interlocutor da Presidência procurou jornalistas para a possibilidade de trabalho na emissora da família Abravanel. A pessoa em questão não escondeu a condição de contato privilegiado do Chefe do Executivo.

Fábio foi anunciado como novo ministro por Bolsonaro via rede social. O novo Ministério das Comunicações ficou responsável pela política nacional de telecomunicações, política nacional de radiodifusão e política de comunicação e divulgação do Governo Federal, segundo o Jornal Nacional.

Ainda de acordo com a reportagem, o representante do governo disse na busca por jornalistas que falava em nome do marido de Patrícia Abravanel e contou que o deputado e futuro ministro estava em busca de nomes para novos projetos na emissora.

Silvio Santos não escondeu os laços estreitos com o novo governo em suas últimas decisões no jornalismo. Especulações dão conta que a não exibição do SBT Brasil no sábado, 23 de maio, só foi tomada por causa da edição de sexta-feira (22), que dedicou um tempo para críticas contra a possível interferência de Bolsonaro na Polícia Federal.

PRÓXIMA MATÉRIA→

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

RECEBA NOTIFICAÇÕES GRÁTIS