Rodrigo Simas se estressa com cenas de beijo em Salve-se Quem Puder

Juliana Paiva
Juliana Paiva contracena novamente com Rodrigo Simas em Salve-se Quem Puder (Imagem: Reprodução / Instagram)

Rodrigo Simas entrou na metade da história da novela Salve-se Quem Puder e surpreendeu ao revelar os bastidores das cenas de beijo com Juliana Paiva no retorno das gravações, por meio de uma “parede invisível”.

Em entrevista ao Notícias da TV, ele confessou que se estressou com a situação e ficou extremamente incomodado por conta disso:

“A coisa mais estranha foi ter que beijar o acrílico. Eu fiquei muito estressado da primeira vez que fui fazer, porque é uma dinâmica que não depende da gente. O máximo que dá é se posicionar certinho, é um caos. Várias vezes eu tive um ataque de riso”.

As cenas começarão a ir ao ar nos capítulos inéditos, que estreiam nesta segunda-feira (17), e Juliana Paiva explicou um pouco das medidas de segurança e disse como elas funcionam:

“Só que você não pode tocar no acrílico, nem chegar perto porque embaça ou treme. E ia cada um de uma vez, então era engraçado ver o outro lá pagando mico. Até meio constrangedor”.

Essa será a terceira vez que eles farão um par romântico, após Malhação: Intensa como a Vida (2012) e Além do Horizonte (2013), e Simas falou sobre o que vem por aí:
“Eles foram criados juntos [no México], então têm essas memórias do início da adolescência”.

Sobre trabalhar com o irmão, Felipe Simas, pela primeira vez em Salve-se Quem Puder, ele disparou:

“Eu fiquei feliz e confuso, porque eu caí de paraquedas no meio da trama. A gente contracenou pouco, mas deu para ter um gostinho. Agora quero ainda mais”.

Além disso, ele também se prepara para voltar à Dança dos Famosos, do Domingão do Faustão.

Quase dez anos após participar do quadro, o artista revelou que a responsabilidade e o nível da competição vão ser muito maiores por se tratar de uma edição especial. Ao Gshow, ele revelou:

“O nível vai ser maior ainda, de dificuldade e de competitividade. Apesar de ser uma competição, é também uma comemoração. Vou me cobrar mais, sim, por ser só os finalistas de todas as edições e o fato de ser quase 10 anos depois. A consciência corporal mudou, talvez esteja mais madura. Isso tudo vai ser diferente. Temos que levar a sério porque o negócio vai ser bom. Estou animado”.

Rodrigo falou ainda qual seu foco na competição: “Me divertir acima de tudo! Apesar de ser uma competição, tentar que a minha diversão seja maior do que tudo e ser feliz durante o Dança“.

O galã global, que vai voltar ao ar na continuação da novela Salve-se Quem Puder, confessou que um dos seus maiores desafios vai ser decorar os passos das coreografias.

Essa coisa de fazer em uma semana, ensaiar para dançar é o desafio não só do Super Dança, mas que foi o meu maior desafio há nove anos, que é pegar o ritmo em uma semana e dançar no domingo“, explicou.

Para se preparar, Rodrigo contou que está fazendo exercícios e pretende aumentar o aeróbico apenas perto da apresentação para pegar mais fôlego. Questionado sobre o quão longe deve ir na competição, ele ponderou:

É 50/50, como eu, todos que estão participando têm essa possibilidade, mas espero que sim, espero ir longe“.

Ele também disse que ainda não reviu as apresentações que fez em 2021. “Mas, com certeza, vou rever. É doido ver o menino que eu era, o meu não julgamento das danças e do jeito que eu fazia, meu nervosismo de estar no palco do Faustão“, concluiu.

Confira:

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›