SBT bate a Record, é vice no PNT pelo 8º mês seguido e lota quase 2 mil Maracanãs

SBT
SBT bateu a Record no PNT pelo oitavo mês consecutivo (Imagem: Divulgação / SBT)

O SBT rufa tambores para comemorar os resultados de novembro no PNT (Painel Nacional de Televisão) na média 24 horas. De acordo com dados obtidos com exclusividade por esta coluna do RD1, o canal registrou 5,1 pontos no período, mantendo-se na vice-liderança de audiência pelo oitavo mês consecutivo.

Na ocasião, a Record anotou apenas 4,6 pontos, índice 12% inferior ao da concorrente. A média da emissora de Edir Macedo, aliás, é a mesma de outubro de 2019, a pior desde janeiro de 2018, ou dos últimos 22 meses.

Ao longo de novembro, o SBT impactou 153,1 milhões de telespectadores no Brasil e alcançou 59,8 milhões de domicílios. A nível de comparação, é como se a rede da família Abravanel tivesse lotado quase 2 mil Maracanãs, cuja capacidade é de 79 mil torcedores – 1938 estádios, para ser mais exato.

Além disso, foi vice nas médias manhã (das 6h às 12h), com 4,1 x 3,6; noite (das 18h à 0h), com 7,5 x 7,2; e madrugada (da 0h às 6h), com 2,8 x 1,1. Na média tarde (das 12h às 18h), porém, a Record levou a melhor: 6,7 x 6,0.

O SBT ainda garantiu a vice-liderança em todos os dias da semana e, para a alegria do dono Silvio Santos, marcou a maior média aos domingos, quando alcançou 5,9 pontos contra 4,5 da Record.

Na média anual, entre janeiro e novembro de 2019, o SBT também ocupa a segunda colocação no PNT. Nesse período, na faixa das 24 horas, a emissora acumula 5,4 pontos contra 5,1 da terceira colocada.

João Paulo Dell Santo consome TV e a leva a sério desde que se entende por gente. Em 2009 transformou esse prazer em ofício e o exerceu em alguns sites. No RD1, já foi colunista, editor-chefe, diretor de redação e desde 2015 voltou a chefiar a equipe. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @jpdellsanto ou pelo email jpdellsanto@rd1.com.br.

WordPress Lightbox