SBT
SBT foi condenado a indenizar Benedito Ruy Barbosa (Imagem: Reprodução / SBT)

O SBT foi condenado em última instância a pagar uma multa milionária, dentro da marca dos cinco milhões de reais, para o autor Benedito Ruy Barbosa, da Globo. O canal de Silvio Santos e o novelista travam uma batalha na Justiça há mais de 20 anos.

Tudo começou em 1996, quando o canal paulista contratou Benedito Ruy Barbosa para que ele escrevesse duas novelas, em 1998 e 1999. Na época, a BRB Produções Teatrais e Artística LTDA., empresa do dramaturgo, foi alvo de um processo.

O SBT afirmou que o global não cumpriu o combinado, que foi a criação dos dois folhetins. A emissora, então, abriu um processo contra Barbosa. Cabe lembrar que, em 1999, o autor escreveu “Terra Nostra”, para a Globo.

Porém, o pedido do canal de Silvio Santos veio ao contrário após uma nova decisão judicial. A empresa foi obrigado a pagar uma multa para Benedito, por litigância de má fé, de R$ 5,4 milhões, segundo informação da jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia.

Ainda de acordo com a reportagem, a condenação aconteceu, mas até o momento o jurídico do SBT não foi intimado para efetuar o pagamento. Atualmente, “Terra Nostra” é reprisada pelo canal Viva.

Globo resgata antigo projeto de Benedito Ruy Barbosa

Após o “engavetamento” de uma sinopse para às 19h – “O Último Beijo” – e o adiamento, constante, de um folhetim supervisionado por ele para às 18h – “O Arroz de Palma” – Benedito Ruy Barbosa irá se dedicar à uma série. Na verdade, um projeto antigo, que a Globo cogitou produzir em 1994, no auge do sucesso do autor com “Renascer” (1993).

Segundo informações dadas por Benedito à jornalista Patrícia Kogut, a emissora solicitou que ele retome os trabalhos de “O Cerco”, título atribuído à produção, centrada nos conflitos de um fazendeiro que vê sua família acuada ora pelos cangaceiros, ora pelos “macacos” – força policial encarregada de combater os bandoleiros.

Benedito Ruy Barbosa “rabiscou” a trama em 1972, durante uma viagem de férias pelo sertão da Bahia, conforme relatado por ele em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, de 31 de março de 1993: “Quando voltei, depois de dois meses na estrada, esbocei a pré-sinopse de ‘O Cerco’. Minha intenção era transformá-la em filme. Não deu. Vai virar minissérie“.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos