Senado aprova texto que permite que Datena e outros candidatos fiquem mais tempo na TV

Datena
Datena pode ser candidato na eleição deste ano (Imagem: Divulgação / Band)

O Senado aprovou na última terça-feira (23), em dois turnos, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que adia as eleições municipais de 2020, de outubro para a segunda quinzena de novembro deste ano. A decisão beneficiou artistas de olho na eleição, entre eles José Luiz Datena.

Para ser um dos candidatos ao gabinete mais cobiçado da capital paulista, o contratado da Band tinha que sair de cena obrigatoriamente até a próxima segunda, dia 29 de junho.

Com o novo calendário, o apresentador do Brasil Urgente ou outro nome da TV que deseja ser pré-candidato só será obrigado a sair do ar a partir do dia 11 de agosto.

A partir do dia seguinte, ou o último dia do mês, emissoras de rádio e televisão não poderiam mais exibir programas com apresentadores que buscam concorrer ao pleito. A decisão ainda vai para a Câmara para voto. Entre os deputados, a aprovação deve ser feita em dois turnos. Caso aprovado, o texto vai à promulgação do Congresso.

O jornalista contou em vídeo divulgado recentemente em seu canal no YouTube que duas propostas foram feitas, entre elas o convite para a chapa como vice-prefeito. “Eu tenho, na realidade, duas propostas: Uma, bem clara, de ser candidato a vice. Praticamente acordada… Tem também a probabilidade de ser candidato a prefeito”, disse.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS