Serginho Groisman revela proposta tentadora de Silvio Santos para ficar no SBT

Serginho Groisman e Silvio Santos
Serginho Groisman revela proposta tentadora de Silvio Santos para ficar no SBT (Imagens: Divulgação – Globo – SBT / Montagem – RD1)

Serginho Groisman fez um sucesso estrondoso entre 1991 e 1999 com o Programa Livre, no SBT, até que partiu para a Globo em 2000, apresentando até hoje o Altas Horas. Em entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura, ele falou dessa transição e como Silvio Santos esteve presente nela.

Demonstrando indiretamente uma insatisfação com rumos do programa e citando 45 mudanças de horário, o apresentador, antes de mais uma renovação de contrato, ponderou: “No SBT, eu tinha resolvido que ficaria até onde eles me aturassem. Até que um dia numa renovação de contrato com Silvio, eu falei: ‘Queria um pouco mais atividade jornalística no programa, reportagem, apuração’. Ele respondia ‘não’, e eu assinava“.

Groisman afirmou que depois dessa interação, pediu uma semana para assinar o contrato e que logo ao chegar em casa, recebeu um recado da Globo na secretária eletrônica de seu telefone: “Começou um caminho difícil na minha vida que era aceitar ou não ir para a Globo. Eu falei ‘talvez não dê certo’, mas não posso deixar de experimentar um caminho que me apresenta“.

Daí ele comunicou seu interesse de entrar na Globo e Silvio Santos perguntou o que ele queria para continuar no SBT. Serginho pensou num talk-show diário, além do Programa Livre, e mesmo assim as negociações não andaram. Foi a partir desse momento que surgiu proposta tentadora: “Ele disse: ‘Te ofereço tanto!’ Era um dinheiro que quase me faria sócio do Baú. Eu pensei se era generosidade, mas tanto dinheiro assim?! Será que ele quer que eu fique ou não quer que eu saia?’ Fiquei com a cabeça muito confusa“.

De acordo com o apresentador, mesmo com a negativa, as conversas continuaram: “Quando falei ‘estou indo’, ele disse ‘te ofereço tanto’. Ali eu disse ‘chega’“. Serginho Groisman ainda contou que Silvio o desacreditou sobre o futuro na nova emissora: “O Silvio falou que iria manter o cenário do Programa Livre e pôr outros apresentadores, como aconteceu, porque eu iria voltar, não iria durar muito tempo na Globo“.

Começou na minha cabeça um período de quatro ou cinco meses com a dúvida: ‘O que faço da minha vida? Estou num lugar com liberdade, mas com restrições’. Tive 45 mudanças de horários no SBT, mas isso foi de menos. Eu fui feliz ali“, concluiu o entrevistado, balanceando os momentos felizes nos dois canais de televisão.

Confira: