Sertanejo Cauan revela dificuldades para cantar após contrair Covid-19

Cauan
Cauan (camisa roxa), da dupla com Cleber, revelou em entrevista ao Encontro com Fátima Bernardes ter ficado com sequelas após contrair Covid-19 (Imagem: Reprodução / Globo)

Pouco mais de um mês após deixar o hospital no fim de agosto, Cauan, da dupla com Cleber revelou que o coronavírus lhe deixou sequelas. O sertanejo revelou ao Encontro com Fátima Bernardes desta terça-feira (06), que ainda sente dificuldades para cantar.

“As partes dos pulmões que ficam comprometidas precisam ser usadas para não morrerem. E como eu uso muito do fôlego, preciso da plenitude deles para conseguir chegar nas notas mais altas, aos agudos e à extensão”, explicou o cantor.

O parceiro Cleber reconheceu que também percebeu diferença na voz do companheiro na hora de cantar. “Na gravação da música que a gente estava gravando, o Cauan ainda estava bem cansado, não conseguia respirar tão bem para alcançar as notas altas”, contou.

Cauan concordou e acrescentou que a melhora viria de maneira gradativa. “De uma semana para a outra se nota uma diferença muito grande. Por isso que a fisioterapia é muito importante”, complementou.

Fátima Bernardes, então, comparou o caso do músico ao de Joelma, que em entrevista ao Fantástico revelou ter sintomas semelhantes. “Ela falou dessa dificuldade de respirar. Quem usa isso, como vocês, para cantar mostra a importância desse tratamento”, disse a apresentadora.

Cauan teve 75% dos pulmões comprometidos pelo vírus e tem passado por exames regulares para acompanhar a diminuição desta porcentagem. Os pais do cantor também foram diagnosticados com a doença e ficaram internados na UTI, mas assim como o filho, venceram a doença e tiveram alta.