Sheila Mello relembra concurso da Loira do Tchan e relata preconceitos que sofreu

Sheila Mello
Sheila Mello relembra concurso da Loira do Tchan e relata preconceitos que sofreu (Imagens: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

Sheila Mello ficou famosa nacionalmente em 1998, quando passou por várias seletivas e venceu o concurso que a tornou a nova Loira do Tchan, no Domingão do Faustão. A então substituta de Carla Perez relembrou o auge de sua carreira como dançarina e os preconceitos que sofreu ao apostar numa nova vertente artística.

Em entrevista ao Altas Horas, a loira explicou porque resolveu se inscrever no concurso que a alçou ao estrelato: “Eu precisava ganhar um carro, eu entrei no concurso com foco no carro. Eu já trabalhava de dia como secretária e recepcionista. À noite eu trabalhava dançando em uma casa noturna em São Paulo. Às vezes eu ficava sem dormir, porque eu tinha que esperar o ônibus para ir para casa e depois ir trabalhar“.

Eu entrei para ganhar o carro e olha que tão maior foi esse presente na minha vida“, continuou Sheila, mostrando gratidão por essa fase de sua vida. Na época, desbancou milhares de candidatas e, na votação final, derrotou Daniela Freitas com 62,9% dos votos.

A ex-loira do Tchan contou que as dançarinas do grupo de axé sofriam com o assédio e o machismo do público: “Na época do Tchan, nós éramos muito protegidas pelos seguranças. Nas saídas do hotel, a gente ficava mirando um momento que ficava mais calmo pra chegar até o ônibus, mas sempre chegava uma mãozinha. Se a gente não se manifestasse, ela viria de novo“.

Depois de virar atriz, Sheila Mello percebeu um tratamento diferente das pessoas: “Eu senti o preconceito quando fui fazer Artes Cênicas. Também fiz novela e senti uma coisa no ar. Fiquei dez anos no teatro e as pessoas falavam: ‘Nossa, não imaginava que você fazia isso tão bem’… E pensavam que era um elogio“.

Veja mais ›