Sikêra Jr é condenado por ofender trans que representou Jesus em peça

Sikêra Jr
Sikêra Jr, apresentador do Alerta Nacional; ele foi condenado a indenizar modelo trans (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

Sempre polêmico, Sikêra Jr foi condenado a pagar R$ 30 mil para Viviany Belboni. A modelo trans entrou com uma ação após ter sido ofendida pelo apresentador da RedeTV!.

A artista fiou conhecida nacionalmente por performar na Parada LGBTQI+ de São Paulo vestida de Jesus Cristo. Em seu programa policial, o jornalista utilizou a foto da modelo para ilustrar uma matéria sobre crime cometido por duas lésbicas.

Além disso, Sikêra Jr se referiu a Viviany Belboni como “lixo”, “bosta” e “raça desgraçada”, segundo informações do colunista Rogério Gentile, da Folha de S. Paulo.

A defesa do famoso afirmou que ele “apenas emitiu opinião sobre movimentos que, como a Parada Gay e seus adeptos, tratam com chacota os símbolos do cristianismo”.

“Ao sair desfilando vestida de Jesus Cristo, deveria ter previsto que tal manifestação chocaria a sociedade”, declarou a advogada do apresentador da RedeTV!, Viviane Barros Vidal.

A condenação de Sikêra foi dada pelo juiz Sidney da Silva Braga, que justificou: “O fato de a autora ser artista reconhecida não autoriza que possa ter sua imagem exposta sem autorização e ser chamada de ‘raça desgraçada’ em contexto de crítica à prática de um crime que com ela não tem qualquer relação”.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.