Sikêra Jr explica dinheiro recebido do Governo Bolsonaro; Secom se pronuncia

Sikêra Jr.
Sikêra Jr apresenta o Alerta Nacional diariamente na TV aberta (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

A CPI da Covid tornou pública a informação de que Sikêra Jr recebeu um pagamento de R$ 120 mil do governo de Jair Bolsonaro, e esse repasse causou dúvida na população e estranheza na mídia. O apresentador se explicou e a Secom emitiu uma nota extensa sobre a novidade.

A informação foi primeiramente divulgada pela Folha de S. Paulo, que também apontou que a verba foi destinada para artistas de reconhecimento nacional, atuando em campanhas de “utilidade pública”, ironicamente divulgando o tratamento precoce, já negado por cientistas. Esse fato fez o titular do Alerta Nacional ser citado na CPI da Covid-19.

Sikêra, em seu programa, disse que o valor é baixo, alegando que ganha R$ 500 mil mensais na RedeTV!, além das ações de publicidade: “Ganhei! E tô esperando mais. Sabe como se ganha esse dinheiro? Trabalhando honestamente. Esse dinheiro ia para a Folha, ia pra TV Globo e aí não vai mais. Passaram a distribuir para as pequenas empresas, para as pequenas emissoras. Por isso, o cachê é pequeno”.

A Secretaria de Comunicação do governo Bolsonaro emitiu um pronunciamento no Twitter e inicialmente desmentiu parte de informações divulgadas e deu mais detalhes do acordo:

Os pagamentos, calculados a preço de mercado, referem-se a campanhas de conscientização sobre a Covid-19, riscos de exposição de crianças na internet e outras. O apresentador Sikêra Jr, líder de audiência, fez um trabalho de divulgação para seis campanhas ao longo de 5 meses”.

Diferentemente do que sugere a matéria, a contratação desses serviços (via agência de publicidade) atende a critérios técnicos”, continuou a nota, listando outros atos do gênero, também criticando a Globo e negando que Sikêra Jr seja bolsonarista. No entanto, o jornalista já entrevistou o presidente em abril desse ano, além de ter recebido Eduardo e Flávio Bolsonaro.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›