Após ser exposto em documento da CPI, Sikêra Jr revela salário na RedeTV!

Sikêra Jr
Sikêra Jr se defende após ser exposto em documento da CPI da Pandemia (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

Fiel ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Sikêra Jr confirmou que recebeu R$ 120 mil de cachê por participações em ações publicitárias do governo. A Secom (Secretaria Especial de Comunicação Especial) enviou para a CPI da Pandemia um documento que mostrou os valores repassados ao apresentador da RedeTV!.

Na última quinta-feira (17), o jornalista se defendeu no Alerta Nacional e divulgou o seu salário mensal: R$ 500 mil mensais, além de R$ 60 mil por mês por pelo menos duas marcas.

“Sikêra, é verdade que você ganhou R$ 120 mil? Ganhei! E tô esperando mais. Sabe como se ganha esse dinheiro? Trabalhando honestamente. Esse dinheiro ia para a Folha de S. Paulo, ia para TV Globo e aí não vai mais”, alfinetou.

“Passaram a distribuir para as pequenas empresas, para as pequenas emissoras. Por isso o cachê é pequeno”, contou no ar. Debochado, Sikêra Jr pediu um aumento a Jair Bolsonaro. “É pouco demais. Ei, Bolsonaro. Aumente, viu, eu exijo um aumento. De dezembro até agora só deu 120 mil conto?”, questionou.

Em seguida, o apresentador se entregou: “Só da Sorridents, eu levo mais de R$ 60 mil. Do Laboratório Airela, eu levo mais R$ 60 mil. Eu recebo da Yamaha… ‘oxe’, como é que recebo só R$ 120 [mil] do governo? Só de imposto, eu pago mais do que isso”.

Em ataque aos jornalistas que divulgaram os detalhes do documento, Sikêra Jr esculhambou: “O meu faturamento, graças a Deus, é muito bom. Esse ano, com fé em Jesus, até dezembro eu tô faturando quase R$ 1 milhão por mês. Tá bom pra você? Com fé em Deus, eu recebo Jesus. Ei, só a RedeTV! repassa pra mim quase R$ 500 mil por mês. Fora TV A Crítica, fora… Ô, lindão! Aí o Bolsonaro quer me dar 120 conto? 120 mil conto em seis meses?”.

Os pagamentos a Sikêra foram feitos através da subcontratação das empresas PPR profissionais de publicidade reunidos e Calia/Y2 Propaganda e Marketing. Todos os valores foram anotados como “áudio-vídeo-pagamento de cachê”.

Sikêra Jr recebeu R$ 24 mil por uma campanha que orientou cidadãos com suspeita de Covid-19 a procurarem atendimento nos primeiros sintomas da doença. Em outra, ganhou R$ 16 mil para participar da Semana Brasil 2020, “para celebrar a retomada, com segurança, da economia e dos empregos”.

Em um terceiro momento, o famoso recebeu mais R$ 24 mil para o lançamento da cédula de R$ 200, R$ 8 mil por uma campanha de “combate ao mosquito Aedes”, mais R$ 20 mil por uma de “riscos de exposição de crianças na internet”, mais R$ 20 mil sobre a “Semana Nacional do Trânsito” e, por fim, R$ 8 mil para o uso consciente da água.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›