Sikêra Jr reproduz ato racista e debocha do MP sobre investigação contra assessor de Bolsonaro

Sikêra Jr.
Sikêra Jr. gera polêmica após fazer gesto racista na TV (Imagem: Reprodução / RedeTV!)

Sikêra Jr. gerou polêmica mais uma vez durante apresentação do Alerta Nacional, transmitido pela RedeTV! para todo o país. O comunicador fez um gesto obsceno e de cunho racista para debochar da investigação iniciada pelo Ministério Público Federal contra o assessor especial de Jair Bolsonaro (sem partido), Filipe Martins.

Fingindo ajeitar o microfone na gravata, ele uniu seu indicador e o polegar direito, formando um círculo, enquanto os outros três dedos da mesma mão apareciam esticados, como se estivesse formando a letra “M”.

O ato feito por Sikêra está na lista internacional de símbolos de ódio e é classificado como “uma verdadeira expressão da supremacia branca” pela Liga Antidifamação (ADL, na sigla em inglês), organização dos Estados Unidos que monitora crimes violentos.

Cabe lembrar que a atitude foi tomada após, na última quarta-feira (24), o assessor do presidente fazer tal gesto durante sessão no plenário do Senado, enquanto o chanceler Ernesto Araújo discursava. O caso gerou uma repercussão internacional e agora há uma pressão para que a demissão de Filipe Martins seja decretada.

Com a repercussão, a deputada federal Bia Kicis, aliada do presidente, usou seu perfil no Twitter para apoiar a atitude do apresentador. “O grande Sikêra Jr. captou bem o espírito da coisa. A perseguição aos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro está beirando as raias da loucura“, opinou.

Nos comentários da publicação, houve divergências de opiniões sobre a atitude da parlamentar. “Quando a referência da presidente da Comissão de Constituição e Justiça é o Sikêra, a gente vê em que fundo do poço esse país chegou“, escreveu uma internauta.

Essa é a nossa presidente da CCJ. É por essas e outras que estamos nessa m3rd@ sem fim“, complementou outro. “A senhora não tem a dimensão do cargo que ocupa na Câmara, e vem com uma bobagem imensa“, afirmou um terceiro.

Apoiadores minimizaram a situação. “Loucura será se o presidente atender esses abutres e demitir o Felipe“, reforçou um apoiador. “Na minha época fazíamos esse gesto para mandar alguém ir para um lugar sujo“, escreveu outra, em tom de brincadeira.

Para minimizar a situação, a RedeTV! retirou de seu canal do YouTube o momento em que seu funcionário faz a gesticulação tão polêmica.

Confira:

Elson BarbosaElson Barbosa
Jornalista, especialista em Comunicação Organizacional, apaixonado por café, crônicas e um bom papo. Encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo.
Veja mais ›