Patrícia Abravanel comandaria o novo “Topa ou Não Topa” (Imagem: Divulgação / SBT)

A falta de pressa do SBT em agilizar os preparativos para a volta do “Topa ou Não Topa” tem dado margem a uma nova corrente de especulações quanto ao objetivo da emissora em renovar os direitos da atração.

Segundo a coluna de Flávio Ricco, nos bastidores da emissora, há quem garanta que Silvio Santos só autorizou a reaquisição do “Dear or No Deal”, formato original da Endemol Shine que gerou o programa tupiniquim, para evitar que algum concorrente se apoderasse dele.

O maior temor nesse sentido, aliás, diria respeito à Globo, que vem apostando mais recentemente em diversos formatos similares, como o “Show dos Famosos” e o “Quem Quer Ser um Milionário?”, exibidos respectivamente dentro do “Domingão do Faustão” e do “Caldeirão do Huck”.

Por enquanto, a escolha de Patrícia Abravanel para a apresentação segue sendo a única definição a respeito do novo “Topa ou Não Topa”, cuja data de estreia permanece indefinida, e sua produção, estagnada. A primeira edição do programa no SBT se deu entre 2006 e 2011, com boa repercussão.

Saiba Mais:

Cenas da crucificação de Cristo na novela “Jesus” já foram escritas

Record estica “Cidade Alerta” e “Os Dez Mandamentos” para cobrir buraco na grade

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos