Sonia Abrão surpreende ao dizer o que pensa sobre caso do menino Miguel

Sonia Abrão
Sonia Abrão protesta em favor da criança (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Sonia Abrão se mostrou comovida com a situação do pequeno Miguel, filho de uma empregada doméstica que foi morto após cair do nono andar do prédio em que a mãe trabalhava, após a irresponsabilidade da patroa.

Em seu perfil no Instagram, a jornalista contestou: “A vida de uma criança de 5 anos custa 20 mil reais? Largar um garotinho dentro de um elevador, sozinho, em busca da mãe, e ele despencar do nono andar, é homicídio culposo e não doloso?”.

“A mãe-empregada leva o cachorro da patroa, Sari Corte Real, pra passear, enquanto ela faz as unhas, e na volta encontra o filho morto. Isso é só uma questão da primeira-dama de Tamandaré, em Pernambuco, pagar fiança e continuar em liberdade?”, questionou.

“A vida de um menino negro, que ela mandou pra morte ao apertar o botão do elevador, não importa? É o luto para uma e a impunidade para a outra? Até quando?”, completou. Em outro post, a jornalista seguiu com seu desabafo.

“E SE FOSSE O CONTRÁRIO? Sim, Mirtes, a mãe do pequeno Miguel, está certíssima: se fosse ela, como empregada, a colocar o filhinho de 5 anos da patroa, sozinho no elevador e, como consequência, o garoto despencasse do 9º andar, ela estaria estampada nas manchetes dos jornais e com a cara nos noticiários da TV!!! Até quando tanta desigualdade e impunidade?”, perguntou.

Os fãs concordaram plenamente com seu posicionamento e pediram justiça.

Confira:

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

ALERTAS GRATUITOS