Thiago Gagliasso alfineta políticos e se recusa a aceitar lockdown

Thiago Gagliasso
Thiago Gagliasso opina sobre opinião envolvendo lockdown (Imagem: Reprodução / Instagram)

Thiago Gagliasso manifestou a sua opinião sobre a possibilidade de lockdown no Brasil. Para o irmão de Bruno Gagliasso, a medida contra a proliferação do novo coronavírus no país não se sustentou, e deu como exemplo negativo o método utilizado pela Argentina no combate à pandemia.

No Instagram, o artista compartilhou duas perguntas envolvendo a restrição mais dura. “Se o primeiro lockdown funcionou, pra quê um segundo? Se o primeiro lockdown não funcionou, pra quê um segundo?”, questionou.

Na legenda do post, Thiago deu a entender que possíveis restrições serão feitas por governadores e prefeitos, mas só depois da eleição no próximo domingo (29). “Vamos ver se depois das eleições se vão trancar a gente em casa novamente!”, criticou.

“A Argentina deu um exemplo de incoerência e hipocrisia assim como alguns prefeitos, no País que teve o maior lockdown do mundo, muitos familiares sequer puderam se despedir dos seus parentes”, detonou. “Hoje o Governo esquerdista lá liberou! Aproveite bem seu fim de semana, por que depois de domingo, tudo pode acontecer!”, aconselhou.

Thiago Gagliasso, ao contrário do irmão, defendeu o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desde o início do mandato, em 2019. De lá para cá, suas opiniões políticas foram condizentes com as polêmicas declarações do “capitão”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›