Thiago Martins detona governo de Sérgio Cabral e sugere prisão por homicídio

Thiago Martins e Sérgio Cabral
Thiago Martins detona governo de Sérgio Cabral e sugere prisão por homicídio (Imagens: Reprodução – Instagram – Estadão / Montagem – RD1)

Em entrevista ao canal Na Real, do YouTube, Thiago Martins falou sobre assuntos polêmicos como racismo, assédio, insegurança e afins. Em meio a isso tudo, Sérgio Cabral foi citado.

O intérprete de Ryan em Amor de Mãe — novela que retrata esses problemas — falou dos problemas do Rio de Janeiro (RJ): “O Rio afundou. O Rio pode ser a cidade maravilhosa, das praias, do carnaval, do futebol… O Brasil tem sérios e grandes problemas, mas o Rio de Janeiro afundou“.

Citando o ex-governador do RJ (entre 2007 e 2014), o ator foi duro nas críticas: “Eu não consigo perdoar o Sérgio Cabral. Ele é um dos bandidos mais perigosos que existem no… O Sérgio Cabral não tem noção de quantas pessoas pobres ele matou, só assinando“.

Complementando a última frase, Thiago sugeriu uma forte pena para Sérgio, que por sinal está preso: “Pra mim ele não ficaria preso só por corrupção, por homicídio também. A arma dele não é uma pistola ou um fuzil, a arma dele é uma caneta. Deram muito poder a ele e a gente não sabia disso“.

Desde 2019, Wilson Witzel é o governador do Rio de Janeiro, em gestão que — assim como as anteriores — ainda tem rendido reclamações.

Confira:

WordPress Lightbox