Tiago Santiago planeja continuação de Os Mutantes e trama sobre Dandara

Tiago Santiago
Criador de Os Mutantes, Tiago Santiago tem projetos ambiciosos para a TV (Imagem: Reprodução / Instagram)

Um dos autores mais versáteis da televisão brasileira, Tiago Santiago deseja voltar ao ar explorando os universos de novelas que se tornaram um marco em sua carreira.

Durante uma conversa com a atriz Bárbara Garcia no Instagram no último sábado (22), o ex-autor da Record contou que está desenvolvendo um projeto sobre Dandara, heroína negra que foi casada com Zumbi dos Palmares, se suicidou em 1694 para se livrar da escravidão e se tornou um dos maiores símbolos de resistência do Brasil.

A trama seria uma continuação do universo retratado em A Escrava Isaura (2004), mas desta vez sob a perspectiva de afrodescendentes que desafiaram o sistema colonial escravista no país. Para este trabalho, Tiago está mergulhando nas pesquisas e, caso a história seja produzida para a TV, quer contar com um elenco majoritariamente negro.

Outro projeto do autor é a esperada continuação da saga de Os Mutantes (2008-2009), que seria lançada em quadrinhos, mas houve recentemente uma desistência por parte da editora. Santiago, agora, planeja lançar a quarta temporada da trama em um livro e após isso planeja apresentar à sinopse para emissoras de TV e produtoras independentes. A volta de Samira (Bianca Rinaldi), morta na última temporada, seria o grande acontecimento desta continuação.

Afastado das novelas há 9 anos, desde que escreveu Amor e Revolução no SBT, Tiago Santiago vem entregando propostas de trabalhos para vários canais, entre eles a Globo e a Band, e também possui na gaveta sinopses das tramas infantis e de realismo mágico que não foram produzidas pela emissora de Silvio Santos.

CONTINUE LENDO →

Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.