Tico Santa Cruz encerra debates políticos e denuncia discriminação no meio artístico

Tico Santa Cruz
Tico Santa Cruz encerra debates políticos e denuncia discriminação no meio artístico (Imagem: Reprodução / Instagram)

Além de seu talento como músico no geral, o nome de Tico Santa Cruz está atrelado à política, embora não exerça nenhum cargo. Depois de se meter direta e indiretamente em várias polêmicas, o roqueiro se cansou do tema e aproveitou para reclamar das consequências ruins.

Antes de tudo, o famoso explicou como têm organizado suas redes sociais nos últimos meses, numa nova publicação:

Pedi para minha equipe manter o Facebook com conteúdos dos shows do Detonautas e apenas minhas atividades profissionais. Não uso Twitter há quase 3 meses e o Instagram mantenho para divulgar apenas o que se refere as apresentações da banda, meu trabalho paralelo e meu studio de tattoo e piercing”.

Veja Também

Depois de um momento de reflexão, Tico decidiu dar fim aos debates políticos que instiga, porque não tem agregado nada positivo para ele:

Isso engaja pouco, é verdade. Como não sei dançar como os ‘tiktokers’ e optei por me afastar de assuntos políticos, o que resta de interesse das pessoas? Nada! Rede social, se você não é adolescente seguindo seu ídolo musical ou sua cantora preferida, influencer de estilo de vida ou sei lá… Sobrou apenas ódio e polarização”.

Cantor explica motivos dessa decisão radical e suas dores de cabeça

O carioca contou que gosta de escrever e que talvez lance um blog, e que tem recentemente se dedicado a um curso de inglês, em meio à certa parcela do público o estereotipando:

O estigma que construí é tão pesado, que fico pensando quantos anos terei de passar em silêncio ou ‘desaparecido’ para que algum dia as pessoas possam me ouvir sem que vejam ‘o militante’ ou ‘o ativista’”.

Tico admitiu que esses posicionamentos não trouxeram nenhum resultado para o Brasil, e acabaram trazendo consequências para a família e banda:

A questão é que tudo que fiz, fiz por idealismo. Não ganhei nenhum centavo! Não esperei nada em troca. Romanticamente acreditava que ‘estava fazendo diferença pro meu país’. Acreditei nisso de forma tão profunda, que ignorei minha banda, minha família, e tudo mais que me cercava”.

Com tudo que disse, o vocalista do Detonautas deixou claro que criou uma antipatia do tema:

Em suma, o fato é que com esse afastamento do debate público, confesso que tomei um certo ranço do assunto; e quando pego repulsa de alguma coisa, é complicado voltar atrás (…) Nesse ano de eleição, as questões tendem a inflamar ainda mais e a sensação é de terror completo! Angústia, ansiedade, medo…”.

Tico Santa Cruz afirma que tem oportunidades negadas por causa do estigma político que causou

Seguindo o extenso desabafo, o cantor afirmou que tem sofrido uma certa discriminação e consequentemente perde oportunidades de ser divulgado:

O Detonautas é uma banda que tem hit pra caral#o! Pelo menos uns 15. Por que não chamam a gente para os grandes festivais brasileiros? Não é por falta de competência ou de músicas, se fosse, o Rock in Rio ou o Lollapalooza não nos chamariam (…) Por que não temos uma chance de mostrar nosso trabalho na TV? Qual a justificativa? Não temos conteúdo? Não temos hits pra isso? A única coisa que justifica é o estigma”.

Por fim, Santa Cruz lembrou que emprega músicos e sustenta a família com sua música, agradeceu seu público fiel e cravou a decisão:

Por que eu continuaria me expondo como me expus ao longo de tantos anos, se isso não mudou nada nesse país, me isolou, me prejudicou (…) O que eu tinha de falar todo mundo já ouviu! Minhas posições, todo mundo já sabe!Só me resta esperar outubro e ir às urnas! Ficar me desgastando no FB, no Twitter, no Instagram ou em qualquer lugar não ajudará nada e ainda me trará mais problemas! Não tenho mais fôlego pra isso. Hoje não”.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTQIA+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›