Tom Cavalcante faz paródia do BBB 2021 e imitação de Juliette rouba a cena

Tom Cavalcante imita Juliette no BBB 2021 (Imagem: Reprodução – Globoplay / Montagem – RD1)

Tom Cavalcante é conhecido por fazer imitações como ninguém e surpreendeu ao se caracterizar como os participantes do BBB 2021, mas a paródia de Juliette acabou roubando a cena.

Saiba tudo sobre o BBB 2021 na cobertura do RD1

Em um dos vídeos, ele surgiu imitando ela, Fiuk e Gilberto, repetindo o modo de se vestir de cada um. No caso do cantor, o comediante colocou uma bandana e camiseta folgada.

Juliette, por sua vez, usava uma camisa branca, enquanto Gilberto estava com uma cor de rosa. Nos comentários, os fãs amaram as brincadeiras e pediram que ele fizesse mais vídeos assim.

Em uma publicação recente, o humorista também relembrou o dia que entrou no confinamento, em uma das primeiras temporadas, e fez a alegria dos participantes.

“Se fosse no BBB21 vocês seriam cancelados”, brincou um internauta. “Eu tô morrendo de rir, já vi varia vezes esse vídeo”, disse outra. “Adoroooo! Com dó dos botões da roupa da Juliette, tá sofrido”, afirmou mais uma.

Vale lembrar que, dias atrás, Tom Cavalcante relembrou um dos momentos em que teve dor de cabeça por conta de suas imitações, em entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan.

Na ocasião, ele disse que sofreu um processo antológico de Silvio Santos quando começou a imitá-lo. Tom contou que suas imitações acabaram sendo consideradas plágio pelo dono do SBT:

Eu tive um processo antológico do Silvio Santos, quando eu estava na Record. Foi um processo que gerou uma confusão muito grande porque, junto com o diretor Vildomar Batista, que liberou imitar. Então, trouxeram Sergio Mallandro pra bancada, junto com a Flor, Sonia Lima, Maestro Zezinho pro piano. Fizemos com todo aquele pessoal dele, o Silvio Santos. Caracterização e uma banda ao vivo. Quando eu entrava, havia uma câmera de longe e as pessoas viam o Silvio Santos”.

O humorista, então, prosseguiu detalhando o processo que respondeu por conta das imitações. “No processo veio destacado este momento. ‘Chega a confundir com o apresentador original. O formato e a imitação”, disse Tom Cavalcante.

A disputa judicial entre Tom, Record e Silvio Santos rendeu uma bela grana que foi embolsada pelo apresentador do SBT. O processo que Tom relembrou, acontecido em 2005, teve sua sentença batida em 2016.

Fora da Record desde 2011, Tom e a emissora foram condenados a pagar a Silvio Santos em quase R$ 350 mil. Os custos, claro, ficaram por conta da emissora de Edir Macedo. O processo, que acusava o concorrente de usar atrações como Qual É a Música? e Show de Calouros, alegou violação de direito de imagem e conseguiu, à época, proibir as imitações de Cavalcante.

Confira:

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›