Primeiro Impacto
Dudu Camargo e Fernanda Trigueiro no “Primeiro Impacto”; telejornal ganha audiência com cobertura de tragédia (Imagem: Reprodução / SBT)

A cobertura da morte do ator Rafael Miguel, assassinado junto aos pais pelo sogro, elevou a audiência do “Primeiro Impacto”, jornalístico apresentado por Dudu Camargo e Marcão do Povo no SBT. O noticiário abriu vantagem sobre a principal concorrente, Record, nesta segunda-feira (10). À noite, o “Conexão Repórter” de Roberto Cabrini rendeu 57% mais audiência do que a terceira colocada. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

No ar das 6h às 10h30, o “Primeiro Impacto” arrebatou 6,6 pontos, 8 de pico e 24% de participação no número de televisores ligados (share); índice 42% superior ao registado pela terceira colocada, com 3,7 de média para “Balanço Geral Manhã”, “São Paulo no Ar”, “Fala Brasil” e “Hoje em Dia”.

Já o “Conexão Repórter”, entre 0h e 1h09, assegurou 7,2 pontos, 8,2 de pico e 15,6% de share; neste período, a principal concorrente ficou com 4,6 de média. Ou seja: 57% de vantagem para o SBT sobre o reality “Power Couple”, a série “Chicago Fire – Heróis contra o fogo” e os telecultos da Igreja Universal do Reino de Deus, propriedade de Edir Macedo – também dono da Record.

A atração de Roberto Cabrini foi embalada pela vice de “As Aventuras de Poliana” (11,9 x 6,7), da reprise de “Cúmplices de um Resgate” (9,8 x 6) e do “Programa do Ratinho” (8,7 x 7,5). Logo após o “Conexão Repórter”, o “The Noite” de Danilo Gentili chegou a 5,4 frente 1,4 da terceira colocada; o “Operação Mesquita” obteve 3,5 versus 0,9 da principal concorrente.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!