Triturando e Casos de Família conquistam vice-liderança para o SBT

Triturando
Chris Flores no comando do Triturando exibido nesta segunda-feira (5); programa conquista vice-liderança, assim como Casos de Família (Imagem: Reprodução / SBT)

O Triturando e o Casos de Família renderam a vice-liderança de audiência para o SBT na tarde desta segunda-feira (5). Dados referentes a Grande São Paulo apontam a vitória dos programas de Ana Paula Renault, Chris Flores, Flor Fernandez, Gabriel Cartolano e Christina Rocha sobre Os Mutantes – Caminho do Coração (2008) e Cidade Alerta, atrações da Record.

Entre 15h16 e 16h31, o Triturando registrou 4,8 pontos, 6,4 de pico e 10,4% de participação no número de televisores ligados (share); na mesma faixa, 4,5 para a terceira colocada. O formato lançado por Silvio Santos ficou atrás de Escrava Mãe (2016) – 4,9 x 5 –, virando o jogo quando Os Mutantes entrou no ar – 4,5 x 4.

Entre 16h31 e 17h30, Casos de Família marcou 4,9 pontos, 6,2 de pico e 9,6% de share; neste período, 4,4 da principal concorrente. No confronto com Os Mutantes, 4,1 x 3,8 para o programa de Christina; após o empate com o boletim JR – 24 Horas, a atração abriu vantagem sobre o Cidade Alerta – 5,2 x 4,8.

Mais cedo, vice também para o Primeiro Impacto; o jornalístico a cargo de Dudu Camargo e Darlisson Dutra garantiu 4,2 pontos, 5,2 de pico e 16,3%, das 6h às 10h30, contra 3,1 da Record. O Bom Dia & Cia fechou na terceira colocação, com 6 de média. O mesmo se deu com as Novelas da Tarde: 6,7 para O Que a Vida me Roubou e 7,5 de Quando me Apaixono. O SBT Brasil, a cargo de Marcelo Torres e Márcia Dantas, emplacou 5,9 pontos.

O SBT recobrou o segundo lugar com Roda a Roda Jequiti, de Rebeca Abravanel. Foram 8,2 pontos, 9,1 de pico e 11,7% de share, das 20h47 às 21h11, empatado com a principal concorrente. Em seguida, 8,3 pontos, 9,2 de pico e 11,9% de share versus 7,3, entre 21h14 e 22h02, para Chiquititas (2015). E 7,2 pontos, 8,8 de pico e 10,5% de share ante 6,1, das 22h02 às 22h39, com Cúmplices de um Resgate (2015). O Programa do Ratinho e o Conexão Repórter ficaram atrás da Record, 4,9 e 4.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.