TV Aparecida investe em dramaturgia e anuncia minissérie

Cartas Santas
TV Aparecida investe em dramaturgia e anuncia minissérie (Imagem: Juan Ribeiro / TV Aparecida)

A TV Aparecida deu o pontapé inicial na produção de teledramaturgia com a minissérie Cartas Santas. Baseado na vida dos santos, o projeto estreia nesta segunda-feira (13), às 19h30.

Com direção, roteiro e pesquisa de Felipe Pontes, idealização e concepção do Núcleo de Produções Especiais da TV Aparecida, a produção terá cinco episódios, com exibição de segunda (13/6) a sexta-feira (17/6), cada um focado na vida de um santo diferente.

O primeiro será sobre Santo Antônio, e na sequência, Santa Teresa do Menino Jesus, São Francisco de Assis, Santa Rita de Cássia e São Benedito.

Veja Também

Cartas Santas apresenta de forma dramatizada a história de santos, ao final da vida, escrevendo ou narrando sua história como uma carta para Deus, relembrando sua trajetória na Terra.

“Nosso objetivo é levar aos devotos, que acompanham a TV Aparecida, a história de vida de santos e santas de uma forma humana. Mostrar que apesar das adversidades e dificuldades da vida, eles nunca se afastaram de Deus e seguiram seu caminho de santidade, vidas que viraram exemplos e alimentam a nossa fé diária”, avalia o diretor Felipe Pontes.

Cartas Santas é apenas o início dos investimentos nessa área da TV Aparecida

A ideia da minissérie Cartas Santas surgiu em 2020, no começo da pandemia da Covid-19. Após a produção do especial musical Acordes da Esperança, o Núcleo de Produções Especiais da emissora começou a pensar em outros formatos, tendo como proposta evangelizar usando a arte, o entretenimento e a dramaturgia.

“Por que não contar histórias de santos e santas de maneira dramatizada, como se eles estivessem escrevendo cartas a Deus no fim de suas vidas, relembrando sua trajetória na Terra até o dia de sua morte? Através deste questionamento, nós chegamos à ideia do Cartas Santas”, explica o diretor e roteirista do projeto, Felipe Pontes.

Por conta das limitações impostas pela pandemia, a produção começou de maneira enxuta. O primeiro episódio foi sobre Santa Rita, feito quase totalmente com uma única atriz em cena, Isabel Ramos, e outras poucas cenas com três coadjuvantes.

E com o passar do tempo e a chegada da vacina, dando mais segurança para a produção, as filmagens tiveram até 60 pessoas, em uma cena de batalha no episódio de São Francisco, interpretado por Gabriel Brito.

No episódio de Santo Antônio, interpretado por Alessandro Cardoso, a produção gravou cenas no mar de uma praia de Ubatuba (SP). O episódio de Santa Teresinha marca a primeira experiência em televisão da atriz de teatro Sol Soliva.

E no episódio de São Benedito, interpretado por Anderson Oliveira, a produção evidencia através de expressões artísticas a forte cultura africana, de onde se origina o santo.

As cenas da minissérie foram todas filmadas em locações na região do Vale do Paraíba e Litoral Norte paulista. Alguma delas são o Mosteiro da Sagrada Face, em Roseira (SP), o Seminário Franciscano Frei Galvão, em Guaratinguetá (SP), Convento Monte Alverne, em Pindamonhangaba (SP), e no trem da Estrada de Ferro Campos do Jordão.

Todos os episódios serão introduzidos pelo missionário redentorista, padre José Luís Queimado, que vai falar um pouco sobre o santo destacado e ambientar o telespectador na história.

“É uma megaprodução lindíssima da TV Aparecida, que vai convidar as pessoas a olharem para a história dos santos e a se inspirarem nelas, a buscarem a santidade. Cartas Santas é uma série feita para o povo que nos acompanham pela TV e pelo Portal A12, para nos aproximar da santidade, evangelizar e, juntos, crescermos na fé”, diz o padre José Luis Queimado.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Henrique Carlos
Apaixonado por televisão e cinema, desde 2009 trabalha com internet. Já passou por grandes veículos de comunicação e teve experiência no rádio. Atualmente estuda para continuar crescendo na área e pode ser acompanhado através do perfil @henriquethe2 no Twitter.
Veja mais ›