Paulo Henrique Amorim
Paulo Henrique Amorim morreu aos 76 anos (Imagem: Reprodução / Record)

Com o anúncio da morte do jornalista Paulo Henrique Amorim, na manhã desta quarta-feira (10), a equipe do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba, divulgou uma carta escrita pelo político ao ex-apresentador do “Domingo Espetacular”, em seu perfil oficial no Twitter. 

Na carta, que também chegou a ser reproduzida no blog do comunicador, Lula o parabeniza pelas críticas feitas por Amorim ao ex-juiz Sergio Moro, hoje ministro da Justiça e Segurança Pública do governo Bolsonaro. 

“Querido Paulo Henrique Amorim, parabéns pela faca afiada sobre o projeto do Moro. Só ajuda promotores, ou seja, acusadores e os juízes. Pergunta: como fica a defesa?”, disse o ex-chefe do executivo brasileiro no texto. 

Na ocasião, Lula fez referência a um projeto de poder que Moro teria para o Brasil. Na página, PHA costumava fazer duras críticas ao Governo Bolsonaro e mostrava apoio ao PT e também ao ex-presidente. 

A ex-presidente Dilma Rousseff, os ex-candidatos à presidência Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, entre outros políticos, assim como a bancada do PT na Câmara dos Deputados, também lamentaram a morte de Paulo Henrique Amorim. 

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!