Vaza vídeo revelador de Emilly Araújo antes da expulsão de Marcos Harter do BBB 17

Emilly Araújo e Marcos Harter
Emilly Araújo e Marcos Harter em momento tenso no BBB 17 (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Quem assistiu o Big Brother Brasil em 2017, com certeza lembra da polêmica relação entre Emilly Araújo e Marcos Harter, que inclusive resultou na expulsão desse último do reality show. Três anos depois, vazou um vídeo inédito que nos traz novos capítulos desse marcante acontecimento.

Na ocasião, Tiago Leifert anunciou a expulsão de Marcos do BBB 17, por verificar indícios de agressão àquela que, inclusive, veio a vencer a disputa naquele ano. As circunstâncias de tais acusações foram investigadas em inquérito da Policia Civil do Rio de Janeiro e uma delegada da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá foi aos Estúdios Globo para averiguar o caso.

Com base nesse inquérito, tivemos uma nova conversa profunda com a Emilly, inclusive com exame médico. Desde o primeiro momento, desde que tudo aconteceu, a Globo agiu firmemente, incansavelmente, a gente envolveu advogados, especialistas, psicólogos, conversamos muito para tomar a decisão correta, decisão justa“, afirmou Leifert quando fez o comunicado, ao vivo na Globo.

Diferente de outros casos de expulsão por agressão, como os de Ana Paula Renault (BBB 16) e Hariany Almeida (BBB 19), o confessionário de nenhum dos dois foi exibido para o público, mas um internauta vazou a conversa que Emilly teve com uma advogada e um médico contratados pela emissora. Marcos, que demonstrou seu descontentamento com a saída do reality, chegou a pedir que a Globo exibisse as fitas publicamente em várias ocasiões nas redes sociais.

Sou Raquel, advogada, represento a TV Globo. Por conta do seu último desentendimento com o Marcos, a Delegacia de Atendimento à Mulher sugeriu que nós viéssemos aqui falar com você e alertar, dizer a você que você enquanto mulher, você tem o direito, caso queira, a medidas protetivas de urgência. Se você se sentir ameaçada ou agredida, a partir de agora ou em qualquer momento você pode solicitar medidas protetivas contra o Marcos“, disse a advogada, que foi conversando com a campeã do BBB 17, logo informando os direitos que ela tinha, na ocasião.

Ao ser perguntada sobre a possível aplicação de uma medida protetiva, Emilly Araújo se negou e tentou minimizar as ações do médico: “Não. Inclusive isso é uma coisa que eu quero conversar com ele porque o que aconteceu foi grave. Eu prefiro às vezes fechar meus olhos para situações como essa. Mas quando eles me alertaram que eles estavam preocupados com as atitudes dele comigo, eu decidi ficar mais quieta, decidi, mesmo que eu ache que ele esteja errado, não falar, pra ele não agir mais daquela forma“.

Raquel, a advogada, interrompeu a gaúcha e avisou sobre uma segunda medida: “Nós solicitamos um médico para que te faça um exame físico para garantir sua integridade física esteja preservada“. Usando um roupão vermelho com um biquíni por baixo, a irmã gêmea de Mayla Araújo tirou a peça, mostrando uma marca no braço esquerdo: “Lembra aquele roxo que eu te mostrei no meu braço? Foi o Marcos que fez. Agora já saiu, mas ainda tem um pouquinho aqui“.

A advogada foi fotografando os hematomas e o médico perguntou: “Isso aqui foi uma pressão?“. Emilly confirmou, exibiu o resultado de um beliscão e ainda contextuou o momento da agressão: “Foi na festa daqueles músicos, na piscina, retrô. Quando a gente estava deitado naquela coisa preta em cima da hidro“.

Ele apertou aqui e aqui anteontem. E ele apertou muito forte o meu pulso e não deixou marca. Só um pouquinho aqui. Mas doeu bastante na hora. Eu reclamei pra ele que tava doendo, que ele tava apertando muito forte o meu pulso“, continuou a jovem, inclusive acusando Marcos Harter de perder o controle em algumas ocasiões.

O médico arguiu Emilly Araújo incansavelmente, a fim de saber se ela tinha mais colocações a fazer e ouviu os relatos de um episódio em que Marcos rumou a cabeça da então affair ao chão: “Naquele dia que a gente discutiu de manhã, eles (direção do programa) ficaram assustados porque quando eu fiquei falando pra ele (Marcos) que não queria falar com ele, ele me forçou a falar com ele. E quando a gente deitou no chão, ele segurou meu rosto assim e, não ficou doendo, mas ele bateu minha cabeça assim, balançou minha cabeça. Eu assustei com aquilo e ele começou a chorar muito. Daí eu perdoei ele“.

Por fim, os dois profissionais se deram por satisfeitos e se retiraram do confessionário. Emilly não emitiu nenhum posicionamento sobre o caso e Marcos, durante uma live no Instagram, pediu para que fãs vissem “a fita”. Internautas se dividiram nas acusações, mas majoritariamente apoiaram a campeã do Big Brother Brasil 17.

Confira:

Veja mais ›