Venenosa e filme dão nova vitória para a Record sobre Maisa Silva

Record
John Travolta, Kirstie Alley e Jacob Haines em Olha Quem Está Falando; com fofoca e filme, Record vence Programa da Maisa (Imagem: Reprodução / IMDB)

O Programa da Maisa, exibido pelo SBT todos os sábados, sofreu nova derrota para a Record. No último dia 28, o talk-show conduzido por Maisa Silva ficou abaixo do Balanço Geral – com o quadro A Hora da Venenosa – e do Cine Aventura. Os dados são referentes a Grande São Paulo.

Das 14h16 às 15h53, com o Balanço Geral SP e o Cine Aventura, a Record alcançou 7 pontos contra 6,4 do Programa da Maisa no SBT. A atração apostou em atrações de peso: o cantor Lucas Lucco, a personalidade da mídia Nicole Bahls e o grupo de música pop Now United.

A Hora da Venenosa, entre 14h32 e 15h01, atingiu 8 pontos frente 6 do terceiro colocado. André Azeredo e Keila Jimenez responderam pela apresentação. No horário completo, 13h03 às 15h01, o Balanço Geral anotou 5,3 de média, 8 de pico e 10% de participação no número de televisores ligados (share).

Na sequência, o clássico Olha Quem Está Falando (1989), estrelado por John Travolta‎ e ‎Kirstie Alley, amealhou 7,1 pontos, 8 de pico e 13% de share; das 15h01 às 16h50, 6 de média para o principal concorrente.

O sábado foi de vice-liderança também para o Cidade Alerta, sob comando de Bruno Peruka, com 9,9 pontos, 12 de pico e 16% de share; das 16h50 às 19h45, a Band ocupou o terceiro lugar, com 6 de média.

O Jornal da Record, com a bancada ocupada por Eduardo Ribeiro e Janine Borba, acumulou 7,8 pontos, 9 de pico e 11% de share; entre 19h45 e 21h, 6 de média para o SBT, então na terceira colocação.

CONTINUE LENDO →

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.