Vereadora move ação para que apresentadores da Globo usem máscaras no estúdio

Globo
Vereadora Gabriela Rodart move ação contra afiliada da Globo (Imagem: Reprodução / Twitter)

Gabriela Rodart, vereadora de Goiânia pelo Democracia Cristã, anunciou uma ação no Ministério Público contra a TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás. A ativista da direita publicou um vídeo na porta do ministério e atacou o jornalismo da emissora pela sua vigilância diária no uso de máscaras pela população.

“Essa lei esdrúxula e mal elaborada tem servido como alvará para a mídia perseguir e constranger cidadãos nas ruas, apontando suas lentes difamatórias a pessoas que estão simplesmente seguindo suas vidas”, discursou a vereadora.

“Dizem estar amparados pela ciência”, ironizou Rodart. A OMS (Organização Mundial de Saúde) e as autoridades de saúde do país recomendam o uso de máscaras para evitar a proliferação do novo coronavírus. No Brasil, a doença já matou mais de 210 mil pessoas.

“Segundo a mídia cínica, lei é lei e deve ser cumprida. Pois bem, vamos exigir deles a coerência do que acreditam”, anunciou ela, exigindo a mesma postura dos apresentadores da Globo dentro do estúdio.

Para Gabriela Rodart, o uso de máscara “deve ser uma escolha do indivíduo e não fruto de uma imposição estatal ou de um constrangimento midiático”, e acrescentou:

“Essa é a minha posição e a defenderei até o fim. E essa mesma coerência que tenho em minha posição é a que cobrarei da mídia, que se julga no direito de atacar cidadãos por algo que seus próprios apresentadores não cumprem”.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›