Roberta Medina
Roberta Medina curtiu apresentação de Anitta (Imagem: Reprodução / Divulgação)

Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio, está feliz com a edição deste ano do festival. Em entrevista ao jornal O Globo, a empresária elogiou o show de Anitta, apesar de revelar que achou que a funkeira usou playback.

Quando questionada sobre o funk no evento e a presença da Poderosa pela primeira vez, Roberta salientou: “Olha, o funk já tinha estado aqui de forma mais sutil. O Buchecha já tinha estado aqui. Eu acho que, antes de falar de Anitta, temos que falar da Funk Orquestra. Foi muito emblemático. Foi o show do Sunset que lotou mais cedo. As pessoas cantaram todas as músicas. Todo tipo de público interagindo“.

Eu, Roberta, não gosto de ouvir baixaria na minha casa com os meus filhos, não gosto de ver criança dançando na boquinha da garrafa. Mas quem quiser ouvir que ouça. Isso vale para qualquer ritmo. Sou super fã de funk tradicional. O Rock in Rio continua de portas abertas ao funk“, afirmou.

Sobre Anitta, Medina falou sobre o suposto uso de playback pela cantora. “Me deu a sensação de que ela usou playback, mas eu não fui lá ver, não entendo. Mas acho que o mais importante é que a gente tem que acolher muito o talento da Anitta. Ela é uma cantora de 26 anos. O show foi brutal. Ela fez um produção de nível internacional. Eu li que ela deu uma festa para o Drake na casa dela e não estava porque ia se preparar para o show. Isso é um sinal de maturidade incrível. Acho que a gente tem que reverenciar o talento dela.”

Ela fez um trabalho de parcerias internacionais brutal, tocou vários hits. Todo mundo canta da primeira a última música. Ela fez uma preparação de corpo impressionante. Fez um showzaço. Mas acho que vale ela investir mais em ter um suporte no palco. Todo mundo trabalha com playback, em geral os artistas que dançam muito precisam de um suporte porque, se é para ser live, é para ser livre. Não dá para pular tanto e fazer a voz perfeita, né?”, disse ela.

A empresária ainda fez uma avaliação do RiR: “O festival foi nota dez. Fizemos uma pesquisa com o público e deram a nota 9.5. Normalmente nos dão 8.9. Então acho que a marca desse festival foi de pessoas felizes. Ainda mais nesse momento que o país está vivendo, tão rachado, tão polarizado. Tão extremista em termo de posicionamento, acho que deu um respiro“.

🔵Boletim RD1 💥 Notícias dos Famosos