Vídeo do governo estrelado por Mario Frias é alvo de autor após descoberta

Mario Frias
Vídeo estrelado por Mario Frias é detonado por músico (Imagem: Reprodução / Secom)

Scott Buckley, compositor australiano, não gostou nada de ter visto sua música como parte do vídeo estrelado pelo atual secretário especial de Cultura, Mario Frias. O músico deixou claro que não apoia as visões políticas do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O desabafo veio à tona quando um brasileiro questionou Buckley numa rede social se o governo brasileiro “de extrema direita” pagou pelo uso da faixa Omega, sem creditá-lo. “Não, nada foi pago pelo uso”, respondeu.

“Eles apenas usaram. Eu definitivamente não apoio a visão política deles, nem quero o dinheiro deles. Essa é uma das desvantagens de lançar uma música de graça”, lamentou o australiano.

Disponibilizada no site do famoso, ela pode ser utilizada e até editada por qualquer um internauta, desde que o compositor seja devidamente creditado. No vídeo estrelado por Frias, a Secom não mencionou a autoria do compositor no primeiro momento.

Buckley confessou que pensou em fazer uma denúncia por uso indevido, mas desistiu quando o crédito foi feito. “Apesar de essas atribuições não preencherem completamente os requerimentos, estou retirando a queixa”, contou.

Confira:

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.