Walcyr Carrasco reage contra acusação de Taís Araujo sobre cena polêmica

Walcyr Carrasco
Walcyr Carrasco falou sobre acusação feita por Taís (Imagem: Reprodução / Globo)

Walcyr Carrasco está no meio de uma grande polêmica e decidiu se pronunciar sobre a situação. O autor rebateu uma acusação feita por Taís Araújo no Roda Viva, da última segunda-feira (15), sobre os bastidores de Xica da Silva, que ela protagonizou na TV Manchete em 1997.

Questionado pelo site Natelinha sobre a situação, o novelista negou a acusação e disse que não escreveu a cena apontada pela esposa de Lázaro Ramos. Ele ainda garantiu que não esteve presente nos estúdios e que os atores ao menos sabiam seu nome, já que escreveu a novela usando um pseudônimo: Adamo Angel.

“Portanto não tinha nenhum contato com os atores, eles nem mesmo sabiam meu nome”, falou o global. “Só no final da novela os conheci em uma única passagem pelo estúdio. Nunca soube sequer dessa cena. Eu só escrevia. Mas acho que essa cena nunca existiu, eu certamente não escrevi.”

Chamada para entrevistar Zezé Motta, a artista declarou: “A nossa vida se cruza em alguns momentos, e eu vou começar pela nossa amada Xica da Silva”. Ela fez referência ao fato de Zezé também ter interpretado a personagem histórica no cinema, protagonizando o filme do diretor Cacá Diegues em 1977.

“Xica foi retratada muitas vezes pelo lado erótico. Quando eu fui fazer [a personagem], no momento em que me neguei a fazer uma cena de sexo anal, Walter Avancini e Walcyr Carrasco foram publicamente dizendo que eu estava transformando a Xica da Silva numa Maria Chiquinha”, desabafou Taís Araújo, chocando até mesmo a convidada.

A veterana disparou: “Meu Deus do Céu! Sabe que essa história que você contou eu nunca soube?”. Taís, cabe lembrar, tinha apenas 17 anos quando começou a protagonizar Xica da Silva.

Walcyr Carrasco ainda garantiu que não se recorda da entrevista e que a atriz estava ciente do papel antes de o aceitar. “Juro que não me lembrava dessa entrevista. Mas ela aceitou o papel, convidada por Walter Avancini, onde sabia das cenas sensuais e concordou com isso. Então, não vejo sentido no que ela está dizendo”, declarou.

“Eu não estava no set de gravação, não posso opinar sobre pressões que ela alega ter sofrido ou não. Como disse, escrevi a novela com pseudônimo e não estava presente nas gravações”, seguiu o autor.

Por fim, ele se retratou: “Mas não sei exatamente o sentimento da Taís, e lamento muito se ela ficou com uma cicatriz. Dor é dor. Não devo criticar, mas acolher a dor alheia”.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›