Whindersson Nunes cobra encontro cara a cara com Felipe Neto; youtuber reage

Whindersson Nunes
Whindersson Nunes reage após comentário de Felipe Neto (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Whindersson Nunes chamou Felipe Neto para uma discussão fora das redes. No Rio de Janeiro, o ex-marido de Luísa Sonza pediu uma conversa olho no olho com o ativista, que surpreendeu com uma resposta inesperada.

“Tô aqui no Rio, Felipe Neto, quer abrir as portas da sua casa para mim?”, questionou. “A gente pode discutir como ajudar o país ou tu quer peidar pra dentro igual todas as outras vezes que tentei conversar com você? Vida real mesmo, minha segurança é a mesma sua, tá seguro, que tal?”, indagou.

A provocação surtiu efeito, mas a discussão seguiu online. Felipe Neto pediu para que o colega de profissão “encontrar a paz”. “Irmão, encontra a paz… Do fundo do coração, encontra paz no teu coração. Desejo realmente que você supere isso tudo e um dia a gente possa conversar direito, sem você estar assim. Até lá, te desejo melhoras”, desejou. “Abraços”, completou.

A briga entre os dois começou na última sexta-feira (10) e por um motivo excêntrico: investimentos no futebol. Tudo começou quando um perfil especializado sobre o mundo da bola sugeriu que o ex de Luíza Sonza fizesse o mesmo.

“No Botafogo, Felipe Neto e Marcelo Adnet ajudaram financeiramente a contratar o lateral Rafael, um bom reforço para a sequência do campeonato. Está na hora do Whindersson Nunes gastar seus milhões com o Vasco, juntar com outro vascaíno famoso e trazer o Coutinho de volta”, cogitou.

Whindersson Nunes cutucou: “Estou financiando uma pesquisa de um motor adaptado para qualquer tipo de cadeira de rodas e um dispositivo que deixa uma mancha fluorescente nos buracos das estradas para ninguém se acidentar à noite, já que não tapam os buracos. Não vou gastar nada com time, só torcer”.

“Faço doações a todo tipo de instituto, ONG e movimento. Investi quase R$ 1 milhão na criação do Instituto Vero de educação digital. Criei o movimento Cala Boca Já Morreu, em apoio às pessoas perseguidas por opinião. E vou gastar em time sim”, rebateu Neto.

Depois da repercussão da briga, Felipe abafou os ânimos: “Minha briga é com esse desgoverno. Todo o resto é irrelevante e só desejo paz, harmonia e, principalmente, terapia”.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›