6 jornalistas que surpreenderam e pediram demissão da Globo

Márcio Gomes
Márcio Gomes pediu demissão do canal nesta semana (Imagem: Reprodução / Globo)

A saída de Márcio Gomes da Globo surpreendeu muita gente, inclusive da própria emissora nesta semana. O apresentador fechou acordo com a CNN Brasil para ser um dos principais rostos de um projeto inovador do veículo, que estreou em março no país.

No entanto, assim como o âncora, vários outros jornalistas de peso deixaram de trabalhar no maior canal da TV aberta do país por uma grande proposta de outro canal ou até mesmo para investir em projetos pessoais. Confira seis desses jornalistas:

Evaristo Costa

Evaristo Costa
Evaristo Costa não renovou com a emissora e tirou ano sabático antes de assinar com a CNN Brasil (Imagem: Reprodução / Globo)

O jornalista teve uma passagem muito importante na Globo e chegou até a ser cogitado para substituir William Bonner em uma futura aposentadoria dele no Jornal Nacional. No entanto, em 2017, o âncora optou por não renovar o seu contrato. A decisão, inclusive, pegou a direção de surpresa. Na época, ele disse que iria tirar um ano sabático. Após alguns anos aproveitando do seu sucesso apenas nas redes sociais, ele voltou à TV na CNN Brasil, neste ano.

Ana Paula Padrão

Ana Paula Padrão
Ana Paula Padrão surpreendeu a direção ao pedir demissão da Globo (Imagem: Divulgação)

A âncora também pegou muita gente de surpresa. Afinal de contas, ela trabalhou durante 18 anos na casa e já havia sido correspondente em Londres e Nova York. Na época da sua saída, a jornalista era âncora do Jornal da Globo. Ela deixou a Globo em 2005 para assinar com o SBT. Após quatro anos, Ana Paula Padrão foi para a Record, onde ficou até 2013, quando deixou o jornalismo e passou a comandar o MaterChef Brasil, na Band.

Mariana Godoy

Mariana Godoy
Mariana Godoy comandou telejornais da Globo e GloboNews (Imagem: Divulgação)

A profissional teve passagem por vários telejornais da emissora carioca, como o Jornal Hoje, SPTV e Bom Dia São Paulo. Ela também trabalhou na GloboNews durante anos e resolveu sair da empresa em 2014, após 23 anos. Em algumas entrevistas, a famosa explicou que estava cansada de viver um casamento de ponte aérea e, por isso, assinou com a RedeTV! para ter seu próprio programa. Atualmente, ela está no comando de uma atração noturna na Band.

Paulo Henrique Amorim

Paulo Henrique Amorim
Paulo Henrique Amorim deixou a Globo após anos como correspondente internacional (Imagem: Reprodução / Record)

O apresentador, que faleceu em 2019, chegou a ser correspondente do canal por quase oito anos em Nova York, mas, ao todo, ficou 12 anos na Globo. Ele decidiu sair da emissora ao receber uma proposta da Band para ganhar o dobro e retornar ao país.

Para Amaury Jr., PHA chegou a declarar: “Quando você passa um determinado período no exterior, não volta nunca mais. A sua filha fica noiva de um americano, a sua mulher quer ter casa de campo, nunca mais você volta. Johnny Saad fez uma proposta para dirigir o principal jornal da casa [o ‘Jornal da Band’], então eu vim embora”. Em seguida, ele assinou com a Record.

Carla Vilhena

Carla Vilhena
Carla Vilhena deixou mais de 30 anos de carreira na Globo (Imagem: Reprodução / Globo)

Carla Vilhena também era um dos rostos mais conhecidos do jornalismo da Globo quando decidiu seguir novos rumos. Após 34 anos, ela, que atuava como repórter especial do Fantástico e plantonista do Jornal Nacional, pediu demissão para seguir novos trabalhos com as mídias digitais. Em seu blog pessoal, na época, ela escreveu: “Há um ano e meio experimentei algo que me trouxe uma enorme satisfação: a criação de um blog, que virou um site pessoal, onde pude expor um pouco mais de quem sou e do que desejo ser. Tive que, para isso, criar redes sociais para dar suporte e divulgação ao site. Conheci um mundo completamente novo”.

Dony de Nuccio

Dony De Nuccio
Dony De Nuccio pediu demissão da Globo após polêmica (Imagem: Reprodução / Instagram)

O jornalista, que apresentava o Jornal Hoje – no lugar de Evaristo -, decidiu apresentar sua carta de demissão ao reconhecer que violou o código de ética e conduta dos jornalistas da Globo. A polêmica teve início quando ele participou de vídeo institucional do banco Bradesco. O apresentador também admitiu que chegou a negociar valores do contrato. Cabe lembrar que a emissora não autoriza jornalistas a fazer publicidade, e, no vídeo, de Nuccio usa o termo “nossos clientes”.

CONTINUE LENDO →

Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email luizfabio@rd1audiencia.com

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com