A Fazenda 2021 emplaca 2º lugar com folga no fim de semana

A Fazenda 2021
Adriane Galisteu em A Fazenda 2021; primeiro fim de semana de reality da Record emplaca vice-liderança de audiência com tranquilidade (Imagem: Reprodução / Record)

O primeiro fim de semana de A Fazenda 2021 impulsionou a audiência da Record. O canal atingiu a vice-liderança com os episódios exibidos na sexta-feira (17), no sábado (18) e no domingo (20). O reality de Adriane Galisteu surfou nas discussões entre os peões e na repercussão do “surto” de Nego do Borel.

Na sexta, entre 22h55 e 0h02, A Fazenda anotou 9,4 pontos, 10,3 de pico e 17,8% de participação no número de televisores ligados (share). No mesmo período, 15,8 da Globo e 5,1 para o SBT. A edição contou com o barraco entre Rico Melquiades e Solange Gomes e a entrada de Sthe Matos no confinamento.

No sábado, das 22h31 ás 23h27, o reality rural angariou 8,2 pontos, 9,8 de pico e 14,6% de share. Aqui, 15,9 para a Globo e 4,7 do SBT. O foco esteve na primeira festa do programa, na qual Nego do Borel perdeu um dente. Já Aline Mineiro e Fernanda Medrado trocaram um beijo de tirar de fôlego.

No domingo, entre 23h10 e 23h40, A Fazenda 2021 amealhou 7,7 pontos, 8,1 de pico e 15,7% de share. A repercussão do desentendimento de Nego do Borel e Dayane Mello, e o consequente ataque do peão, que atirou objetos para o alto na baia e assustou o cavalo hospedado no ambiente, dominou a atração.

Apesar do bom desempenho, a primeira semana da nova temporada chega ao fim com índices inferiores ao da fase anterior, conduzida por Marcos Mion. Os seis primeiros programas alcançaram 9,5 ante 11,8 do ano passado.

MAIS LIDAS

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›