Acusado de passar pano, Tiago Leifert explica interferências no BBB 2021

Tiago Leifert
Tiago Leifert no BBB 2021; apresentador comenta interferências na casa (Imagem: Reprodução / Globo)

Em conversa com Fernanda Gentil, Tiago Leifert não escondeu as polêmicas envolvendo o seu trabalho à frente das câmeras do BBB 2021. Acusado diversas vezes pelo público de passar pano para alguns participantes do programa, ele abriu o jogo sobre suas interferências.

Leifert afirmou que critérios foram colocados na mesa para as interferências na casa mais vigiada do país. “Eu sou juiz do jogo, às vezes tem uma votação aberta. Eu, Tiago, vocês só vão escutar uma opinião minha ali quando o jogo tiver pausado, eu tiver conversado longamente com a minha direção e todo mundo tiver alinhado“, explicou.

Só quando é de fora para dentro a gente interfere“, continuou Tiago Leifert, que recordou dois momentos de grande impacto na última temporada:

Nesses momentos que a gente olha pra trás, a pandemia no BBB 20 e a pandemia de novo no 21, o assunto do cabelo do João [Luiz Pedrosa] e falta de fair play com o Lucas na primeira semana, eu acho que a gente estava alinhado. A gente tem que tomar cuidado porque senão não vai mais existir ‘Big Brother’. Se a gente ficar corrigindo tudo o que eles fazem, inclusive o jogo, aí não pode. Eles têm a liberdade, a convivência deles é jogo“.

Eu sou muitas vezes acusado de ser leniente demais, de passar pano demais. Mas eu acredito no perdão. Quando eu vejo as pessoas saírem tão rejeitadas, me incomoda“, assumiu o apresentador.

Eu acho que elas merecem, fizeram um monte de coisa e mereceram a votação. Mas quanto tempo? Um ano, eu cancelo ela dez anos, cinco. O que mais ela precisa fazer? Ela sai, assiste, viu que foi ruim e pede desculpa. Vambora, gente. Segue o jogo!“, defendeu Leifert.

O global caiu no choro na grande final do programa, em maio, e relembrou a cena como um momento marcante. “Esse é o exemplo que ‘Big’ tem que dar, do fechamento do ciclo. Você erra, é perdoado e a vida segue e você volta lá como artista pra cantar no acrílico. Na hora que termina e a gente conseguiu entregar 100 dias, isso que causou o meu choro. Choro de alegria e alívio porque deu tudo certo“, pontuou.

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›