Adriane Galisteu lembra namoro com Ayrton Senna e faz revelação sobre o famoso

Adriane Galisteu
Adriane Galisteu lembra namoro com Ayrton Senna (Imagem: Reprodução / Band)

Adriane Galisteu participou do Faustão na Band, nesta quarta-feira (27), e lembrou de vários momentos da sua carreira e da vida pessoal. Entre os assuntos abordados esteve a relação da famosa com Ayrton Senna.

Quando tinha 19 anos, a apresentadora namorou com o maior expoente da Fórmula 1 brasileira. Na época, Galisteu era modelo, de origem humilde, sofreu com várias ofensas e até um “cancelamento” – quando ainda nem existia a expressão.

“Eu nunca tentei esconder a verdade da minha vida de ninguém. A gente tem nossos momentos difíceis, naquela época eu mostrei que eu queria viver, continuar. Eu nunca desisti de mim. A gente não pode deixar de acreditar na gente porque às vezes as pessoas fazem de tudo para colocar a gente para baixo”, afirmou.

Veja Também

A contratada da Record ressaltou: “Fui chamada de oportunista, de tudo um pouco, mas eu nunca acreditei no que estavam falando. Eu acredito mais em mim”.

Adriane Galisteu, então, aproveitou o momento e dedicou seu relato pessoal às mulheres. “Eu queria muito que vocês ouvissem isso, a gente sabe onde o calo aperta, a gente não deve vestir uma roupa que fica apertada na gente”, disparou.

“Vista uma roupa que te sirva. Olhe no espelho e se goste. Com tudo que eu passei, eu não desisti de mim e eu não vou desistir”, garantiu.

Adriane Galisteu dá detalhes de Ayrton Senna

Na conversa com Faustão, ela falou sobre o namoro e a importância que o ídolo brasileiro teve em sua vida, nos anos de 1990.

“Ela teve uma importância muito grande na vida de Ayrton. Foi em 1993 que eu o vi mais alegre. Eram poucos os momentos em que ele se soltava, exatamente por ser extremamente concentrado e um pouco fechado, mas a Adriane trouxe para ele o que faltava. Ele se tornou mais leve”, compartilhou.

Reginaldo Leme elogiou também a maneira como Adriane transformou sua vida e galgou seu espaço profissional. Ela, então, lembrou do antigo amor.

“Ele era sensacional. Eu sofri a perda dele junto com o Brasil inteiro. Ele era muito tímido e eu esculhambei a vida dele um pouco nesse sentido, ele podia ter a mulher que quisesse. Ele foi a essa casa da Lapa, conheceu minha mãe, a minha realidade, meu irmão. Essa história eu guardo com muito carinho e amor no meu coração”, comentou.

Ela desabafou: “As pessoas me julgaram muito naquela época, ouvi barbaridades. Eu fiquei conhecida através do meu relacionamento com ele, mas eu dei um passo a frente. Sou muito grata a tudo que vivi com ele, foi por causa desse namoro que muitas pessoas me conheceram, me acolheram e me colocaram no colo”.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br
Veja mais ›