Além de Marília Mendonça, quatro pessoas morrem em acidente de avião em Minas

Marília Mendonça
Marília Mendonça morreu após acidente de avião (Imagem: Divulgação)

O acidente de avião que vitimou Marília Mendonça, nesta sexta-feira (5), também matou outras quatro pessoas, são eles: um produtor, um tio da cantora, um piloto e o copiloto. Os cinco morreram após a queda de uma aeronave de pequeno porte perto de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais.

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos”, disse o comunicado da assessoria da cantora.

Os bombeiros também confirmaram as mortes: “O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”.

A Polícia Civil de Minas Gerais emitiu uma nota sobre o acidente: “Assim que acionada, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deslocou equipes da perícia criminal, de investigadores e delegados ao local dos fatos, onde realizam os primeiros levantamentos”.

“A PCMG identificou cinco corpos no avião, sendo três óbitos incluindo o da cantora. Um dos corpos já está sendo encaminhado para Caratinga, onde legista e auxiliar de necropsia aguardam para realização de exames. Os trabalhos de polícia judiciária estão em andamento e a medida que avançarem repassaremos mais informações”, completou a nota.

Acidente

Marília estava indo para um show em Caratinga nesta sexta. Antes de embarcar, inclusive, ela fez um vídeo em que aparece entrando no avião e publicou no Twitter.

O acidente ocorreu na BR 474, próximo à Pousada Rodrigo Godinho, zona rural Piedade de Caratinga, em Minas Gerais. O socorro foi pedido por volta de 15h30.

A aeronave era um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tem autorização para fazer táxi aéreo.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›