Alexandre Frota
Alexandre Frota pediu Pabllo Vittar no governo (Imagem: Reprodução / Facebook)

Alexandre Frota causou polêmica após sugerir a saída de Damares Alves do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos para dar lugar a cantora Pabllo Vittar. Para o deputado federal (PSDB-SP), a drag queen faria um trabalho melhor que a atual ministra.

No PSDB há dois meses após ser expulso do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o famoso se manifestou após a declaração da artista de que tinha vergonha de ser brasileira por causa do atual governo.

Em seu perfil no Twitter, Alexandre pediu para Pabllo não ter vergonha. “Pabllo Vittar, não tenha vergonha de ser brasileira, e sim de ter o Bolsonaro como presidente”, aconselhou.

O político, em seguida, pediu a ajuda da famosa e sugeriu a troca no ministério. “Entre na luta para tirá-lo. Você no lugar da Damares faria muito melhor”, declarou.

A revista Time publicou há pouco uma edição onde colocou Vittar como uma das líderes da próxima geração. A revista ainda criticou a postura do governo brasileiro contra o público LGBTQ+.

Confira:

PSDB quer Alexandre Frota como candidato à prefeitura paulista

O deputado federal Alexandre Frota, agora no PSDB, virou o principal nome para a prefeitura da cidade de Cotia, região da Grande São Paulo. O partido vê como grandes as chances do ex-ator ocupar o posto no executivo.

O parlamentar foi expulso do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, em agosto. Dias após, João Doria e demais integrantes da sigla tucana anunciaram a filiação do famoso. Por meio de suas redes sociais, o político confirmou que está entre os cotados para a prefeitura da cidade.

Para que Alexandre Frota seja candidato ao cargo, ele precisar apresentar junto ao TRE-SP um endereço válido, que comprove uma residência na cidade.

Atualmente, quem está na prefeitura é Rogério Cardoso Franco (PSD), eleito para o seu primeiro mandato nas eleições de 2016. Rogério e seu vice, Almir Rodrigues, tiveram o mandato cassado por duas vezes no mesmo processo, em 2019, mas continuam nos seus respectivos cargos graças a recursos.

O juiz que cassou os mandatos anulou a decisão no último dia 20, alegando que houve erro do cartório em que o processo foi tramitado. Caso o mandato não seja cassado novamente, Rogério poderá se candidatar nas eleições do próximo ano.

🔵BOLETIM RD1 🔥 Notícias dos Famosos

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

EU QUERO