Aline Midlej e Octávio Guedes desabafam após a morte de homem negro em mercado

Aline Midlej
Aline Midlej e Octavio Guedes fala sobre morte de homem negro (Imagem: Reprodução – GloboNews / Montagem – RD1)

Aline Midlej e Octavio Guedes ficaram indignados com a notícia do homem negro espancado por seguranças até a morte dentro do supermercado Carrefour, em Porto Alegre, na noite de quinta-feira (10), um dia antes do Dia da Consciência Negra. A dupla da GloboNews reagiu Twitter e cobrou reações da sociedade.

“Sério que eu acordei no Dia da Consciência Negra para noticiar que João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, um homem negro, foi espancado e morto por dois seguranças brancos, dentro de um supermercado de Porto Alegre?”, questionou a âncora do Edição das 10h. “P.S: aos colegas da imprensa: citem o nome da vítima, sempre”, pediu.

Octavio foi além e definiu o assassinato com um “massacre”. “O nome correto do que aconteceu no Carrefour é massacre”, acusou. “Toda a sociedade deveria reagir, ou seremos, mais uma vez, cúmplices por nosso silêncio. Massacre!”, repetiu.

João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, morreu na noite de ontem após ser espancado por um segurança e por um PM temporário no supermercado Carrefour, na zona Norte de Porto Alegre, às vésperas do feriado da Consciência Negra. Os agressores foram presos, suspeitos de homicídio doloso, quando existe a intenção de matar.

João teria discutido com a caixa do mercado e foi levado pelo segurança da loja até o estacionamento, no andar inferior. Um cliente, policial militar temporário, acompanhou os dois. No local fechado, a vítima foi espancada até a morte.

Confira:

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com