Aline Riscado surpreende ao expor opinião sobre declaração de Juliette

Aline Riscado
Aline Riscado surpreende ao expor opinião sobre declaração de Juliette (Imagem: Reprodução – Instagram – Montagem – RD1)

Aline Riscado participou do OtaLab, programa comandado por Otaviano Costa no Canal UOL, e foi desafiada a dar sua opinião sobre matérias que foram destaques na mídia nos últimos dias.

Sem fugir da raia, a modelo topou a brincadeira e iniciou o quadro reagindo a uma declaração feita por Juliette Freire – ganhadora do Big Brother Brasil 2021.

Na reportagem selecionada pela atração, a paraibana surge dizendo que as mensagens de ódio enviadas a ela por haters “não são sobre ela, mas sobre quem fala”.

Sobre o assunto, Riscado demonstrou concordar com o ponto de vista de Juliette: “Eu já tive fases. Eu estou na TV há 11 anos. Antes eu me incomodava [com os haters], ficava mal, tentava contornar, respondia”.

“A gente vai aprendendo. Hoje eu vejo essas pessoas, que ainda perdem tempo com a vida do outro, como ‘babies’ que têm muito o que aprender”, refletiu.

“A pessoa que julga, aponta o dedo, tem que olhar para dentro e entender por que ela tem tanta raiva”, completou a musa fitness.

É válido lembrar que na mesma entrevista, Aline desabafou sobre o fato de ter menstruado durante uma live realizada nas redes sociais.

A atriz, que deu o que falar por conta do ocorrido, garantiu que não se sentiu envergonhada por ter sangrado ao vivo perante milhares de internautas.

“É um assunto tão normal, mas infelizmente ainda é um tabu muito grande. E não é vergonha. O autoconhecimento me trouxe uma aceitação com relação a tudo que é meu. E o sangue ‘sou’ eu, é a minha vida”, disparou, emocionada.

“A maioria das críticas veio de mulheres. Isso foi o que me trouxe a certeza de que a gente precisa falar sobre o assunto. Recebi muitas mensagens de mulheres que se sentiram libertas”, disse em seguida.

A famosa, em outro trecho do bate-papo, falou que passou da hora do assunto deixar de ser considerado tabu pela sociedade.

“Já achei que meu sangue era sujo algo que eu não queria e tomei remédio para não menstruar. Tem gente que não tem acesso aos absorventes, não tem água para tomar banho. A gente tem que acabar com isso e se mobilizar para que as mulheres possam ter dignidade menstrual”, finalizou.

MAIS LIDAS

Álvaro Penerotti
Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.
Veja mais ›