Âncora da CNN Brasil é xingada por bolsonaristas e exige posicionamento do Twitter

Daniela Lima
Daniela Lima, da CNN Brasil, entrega ataque de bolsonarista no Twitter (Imagem: Reprodução / Instagram)

Daniela Lima, uma das estrelas dos telejornais da CNN Brasil, se tornou o principal alvo de ataques bolsonaristas nas redes sociais. Há pouco, a jornalista exibiu prints de comentários de eleitores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamando-a de “porca” e “anta”.

“Não tem um tuite sem palavrão. Não achei um tuite sem ofensa. Xinga, brada. Tem dois seguidores, polui centenas de TLs. Assedia, ofende”, listou Daniela Lima.

Em seguida, a colega de Márcio Gomes e Daniel Adjuto mandou um recado direto e reto para o Twitter. “O Twitter precisa colocar um freio nisso. Está virando plataforma para disseminação de ofensa e difamação. Quem emporcalha o debate não debate”, revidou ela.

“Não existe argumentação com educação do outro lado, só ódio, xingamento, mentira e falta de educação”, evidenciou um internauta nos comentários da publicação. “É típico do gado: ser raivoso. Eu já me acostumei, quando vou discutir com eles, arregam. E não tem argumentos além dos xingamentos”, expressou outro.

“A internet na mão de gente sem condições emocionais para lidar com a diferença é tão perigosa quanto uma arma de fogo. São selvagens jogados no mundo tecnológicos”, apontou uma terceira. “Concordo. Inclusive, espero que seu patrão também tome providências a respeito dos que emporcalham o debate na sua emissora”, cutucou mais uma.

Recentemente, Daniela Lima foi alvo de uma polêmica por causa de um comentário feito sobre a chacina na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro. Segundo a âncora do CNN 360º, os bandidos não sabiam atirar, pois só mataram um policial.

“Uma operação policial que chega em um lugar para prender 21 pessoas, prende seis e deixa 25 mortos, precisa ser olhada de perto. Conseguiu o feito macabro de ser a mais letal da história do Rio”, detonou.

“Moradores do Jacarezinho, onde aconteceu essa ação desastrada, para dizer o mínimo, trágica, da polícia foram a um protesto”, disparou. A declaração deixou a web revoltada.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›