Âncora da Globo quebra regra e se revolta ao vivo com ataques sofridos por Klara Castanho

Klara Castanho
Ana Paula Araújo falou sobre o caso Klara Castanho ao vivo (Imagem: Reprodução / Globo)

Ana Paula Araújo quebrou o protocolo da Globo, nesta segunda-feira (27), ao demonstrar a sua revolta com o vazamento de dados sigilosos da adoção legal feita por Klara Castanho, que relatou ter sido estuprada. A âncora definiu como “massacre” as violências sofridas pela atriz.

publicidade

Tudo aconteceu enquanto a âncora comentou sobre o caso da jovem a artista, na manhã desta segunda-feira (27) ao conversar com Rodrigo Bocardi no Bom Dia São Paulo.

Durante o telejornal, o apresentador falou da repercussão da situação e informou que os Conselhos de Enfermagem vão apurar o vazamento de dados da jovem. “Você acompanhou isso? Esse grande absurdo“, declarou Rodrigo Bocardi, ao explicar que a atriz foi ameaçada por uma enfermeira no hospital e teve o caso exposto na mídia.

publicidade

Veja Também

“Tem uma sindicância que todos nós como cidadãos podemos fazer ao abominar e condenar todo tipo de fofoca, invasão à vida alheia e não dar um clique sequer para quem prega esse tipo de crime no nosso país“, acrescentou o âncora.

O jornalista também tocou no tema com Ana Paula Araújo, que entrou ao vivo para informar os destaques do Bom Dia Brasil. “A gente também vai mostrar tudo sobre essa história absurda envolvendo a atriz Klara Castanho. Exatamente como você falou, não é fofoca. É um crime divulgar informações sobre uma adoção que foi feita de maneira completamente legal”, disparou a global.

“É um crime mesmo que não fosse fruto de uma gravidez decorrente de um estupro. É um direito, ela fez tudo de acordo com a lei. Foi um massacre o que a gente viu acontecer com essa menina, de todos os tipos de violência. Teve a violência sexual, depois teve a violência do péssimo atendimento que ela teve no hospital, da divulgação de informações sigilosas, o que é um crime”, desabafou.

Após declaração de Klara Castanho, Aline Campos revela que já sofreu estupro

Aline Campos, que recentemente gravou um filme ao lado de Klara Castanho, fez um desabafo sobre o relato devastador da atriz e contou que também já foi vítima de estupro.

publicidade

“Pensem numa mulher especial… Klara Castanho é luz e foi vítima de algo infelizmente ainda muito comum em nossa sociedade”, iniciou a artista, que declarou:

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

“Eu já fui estuprada também…sim! Mas não com as mesmas consequências que ela! Mas e se tivesse tido as mesmas? Pode ser sim, que eu fizesse a mesma coisa ou que tivesse abortado de forma clandestina, cheia de riscos”.

“Klara foi muito forte e corajosa por ter trazido esse assunto à nossa reflexão! Assim como ela, milhares de mulheres são vítimas de estupro e abusos sexuais e ainda são vistas como culpadas pela massa da sociedade. Isso é muito sério!”, ressaltou Aline Campos.

publicidade

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email luizfabio@rd1.com.br