André Rizek recebe apoio após pagar indenização e faz desabafo

André Rizek
André Rizek agradece colegas após decisão judicial (Imagem: Reprodução / SporTV)

O apresentador André Rizek usou o Twitter para agradecer o apoio que recebeu nos últimos dias após pagar uma indenização de R$ 396 mil para dar fim ao processo movido contra ele e o Grupo Abril por uma reportagem para a revista Placar em março de 2001.

Na rede social, o jornalista do SporTV escreveu: “Colegas e amigos jornalistas, obrigado pela onda de solidariedade que me abraçou hoje. Esta é uma batalha de toda a categoria. Mantenho vocês informados. Um beijo e obrigado pelo carinho e preocupação”.

Sérgio Jesus, um dos atletas citados na reportagem A História dos Aspirantes, assinada por Rizek, processou o famoso e o Grupo Abril por danos morais. Na matéria, o repórter revelou uma suposta comercialização de drogas nas categorias de base de clubes nacionais. Dois anos depois, a Justiça condenou André Rizek e a dona da revista a pagar R$ 50 mil. A Abril ficou de fora por ter entrado em recuperação judicial. Sobrou Rizek, que pagou o valor integral, com juros e correções.

Na web, internautas disseram que o namorado de Andréia Sadi está se fazendo de vítima. “Não estou entendendo, os jornalistas não querem se responsabilizar pelas matérias que assinam? É isso?”, questionou um. “Espero que tenha aprendido a não assinar matéria com acusações que não pode provar. Ainda mais com um tema tão delicado”, disparou outra.

“Me solidarizo com o jovem que foi acusado pela reportagem e teve a vida prejudicada. Que o dinheiro da indenização diminua um pouco as perdas”, defendeu um terceiro. “Quem com lacre lacra, com o lacre será lacrado”, provocou mais um.

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.