Antonia Fontenelle é condenada a um ano de prisão após atacar Felipe Neto

Antonia Fontenelle
Antonia Fontenelle voltou a perder para Felipe Neto na Justiça (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Antonia Fontenelle continua em pé de guerra com Felipe Neto na Justiça e as notícias não são nada favoráveis para ela. Nesta semana, a loira foi condenada sob as acusações de calúnia, difamação e injúria.

Ela ainda pode recorrer, mas a ação foi movida por Felipe e Luccas Neto, após ela insinuar que os dois incentivavam a pedofilia. O processo correu na 39ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.

Agora, ela foi condenada a um ano de prisão, em regime aberto para prestação de serviços comunitários, além de uma multa de aproximadamente R$ 8 mil. As informações são do Splash, do UOL.

Segundo o juiz Ricardo Coronha Pinheiro, mesmo sabendo que os vídeos eram editados, ela usou o material de má fé contra os dois.

Felipe Neto, inclusive, comemorou a decisão: “Eu estou muito feliz. A sensação, sério, é que saiu um piano das costas. É saber que todo mundo vai saber que eu estava certo e quem estava errado. E tem mais, eu desejo tudo de melhor para essa pessoa, de verdade”, e continuou:

“Eu não quero vingança, não quero te ver presa, eu não quero te ver em uma cadeia, quero que você pague pelos crimes que você cometeu, todos consolidados pelo juiz. Quero que você pague por eles, óbvio. Mas eu desejo que você seja feliz”.

Mas Antonia rebateu:

“Não vou abaixar a cabeça pra ninguém, não vou admitir sacanagem comigo, jamais. Não vou pedir desculpas ao errado jamais. Todas as vezes que sento na frente de um juiz em uma cadeira de réu, eu tenho o dom da comunicação e explico e provo direitinho o motivo pelo qual estou lá. Se ainda assim o juiz entender que a errada sou eu, me cabe recorrer e falar: continua que a errada não sou eu. Vai do entendimento de cada um”.

Antonia Fontenelle enfrentava outros processos

Em entrevista ao Pânico, da Jovem Pan, a apresentadora divulgou o valor de um dos processos.

Na lata, a contratada da JP News não escondeu a frustração por ter sido condenada criminalmente, em primeira instância, em três ações. Ela incluiu Felipe, Fábia e um integrante da equipe do A Tarde É Sua, da RedeTV!.

“Lapada eu tomo todo dia, entendeu”, começou. “Eu fui condenada só esse mês, criminalmente, em três processos, em três processos…”, detonou.

Em seguida, ela citou o ativista. “Um, a juíza me condenou para pagar R$ 126 mil por falar que o Felipe Neto é um ‘merda'”, soltou.

Depois da reação de Emílio Surita, Fontenelle ironizou: “Eu também peguei pesado, né…”. Ela prosseguiu: “Vou ter que varrer rua, então. Eu não tenho R$ 126 mil”.

“Uma outra, de uma jornalista, do jornal O Dia, que me perseguia”, continuou se referindo a Fábia Oliveira:

“Me condenaram em primeira instância, tudo bem, mas o bizarro é que me condenaram e a descrição é: uma jornalista ilibada, de um jornal incrível, como o jornal O Dia”.

Sobrou até para um dos colunistas do A Tarde É Sua, apresentado por Sonia Abrão. Segundo ela, o jornalista não falou a verdade para o juiz:

“Foi um outro repórter, da Sonia Abrão. Falou que contratou psicólogo, pois ficou afetado porque eu disse que eles são da banda podre da imprensa. Não é crime mentir na frente do juiz?”.

“Eu vou recorrer, vou recorrer e vou recorrer”, enfatizou. “Se tiver que varrer rua eu vou chamar vocês [para a filmagem]”, concluiu.

Confira:

Gostou do conteúdo? Siga @rd1oficial no Instagram e RD1.com.br no Facebook para acompanhar as últimas notícias dos famosos.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›