Ao vivo, canal da Globo expõe nova crise política envolvendo Bolsonaro

Paulo Carvalho

17/10/2023

Bolsonaro

Bolsonaro é alvo de matéria ao vivo da GloboNews (Imagem: Reprodução / Globo)

A terça-feira (17) começou quente na GloboNews. O canal de notícias da Globo exibiu ao vivo a leitura feita pela relatora da CPI dos Atos Golpistas, Eliziane Gama, que colocou o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) como o grande responsável pelo 8 de janeiro.

A emissora da família Marinho apurou que o documento de mais de 1.100 páginas coloca o líder da extrema-direita como o foco dos indiciamentos, mas outras autoridades e militares também estão na mira.

Em transmissão exibida na GloboNews, Eliziane afirmou que “o 8 de janeiro é obra do que chamamos de bolsonarismo”  e que diferente dos defensores do bolsonarismo, a data não foi um movimento espontâneo e desorganizado.

A aliada do governo alertou que o que foi flagrado pelo mundo no início do ano “foi uma mobilização idealizada, planejada e preparada com antecedência”.

O conteúdo da relatoria foi enviado ao Ministério Público e à Advocacia-Geral da União e às polícias. Fica na mão dos órgãos a decisão pela apresentação de denúncias baseadas no trabalho realizado nos últimos meses

GloboNews viraliza ao mostrar relatório contra Bolsonaro

Nas redes sociais, o vídeo da transmissão viralizou. O público lembrou de como o país viu de perto a guerra entre Globo e Bolsonaro ao longo dos 4 anos de mandato do político, que perdeu a reeleição para o presidente Lula da Silva (PT).

O pai de Renan Bolsonaro, alvo de uma polêmica bombástica envolvendo um suposto ex-companheiro, não se manifestou sobre o assunto.

Confira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui
Paulo Carvalho
Escrito por

Paulo Carvalho

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e é especialista em Audiências da TV e TV aberta. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].