Apesar de problemas ambientais, Globo identifica locais para gravar Pantanal

Pantanal
Cristiana Oliveira (Juma Marruá) em Pantanal; Globo encontra locais para gravações de Remake (Imagem: Divulgação / Manchete)

Mesmo com problemas de queimadas em algumas regiões do Pantanal, a Globo conseguiu identificar alguns locais da região para rodar as gravações do remake de Pantanal. Segundo o colunista Flávio Ricco, um grupo foi até as áreas para identificar se elas não apresentam nenhum risco para as equipe de direção, produção e elenco.

Sendo assim, é bem provável que os processos do folhetim, que estão parados, sejam retomados. Inclusive, o roteirista Bruno Luperi, neto de Benedito Ruy Barbosa – autor da versão original –, já visitou o local em busca de inspirações e procurando possíveis pontos para receber o grupo.

Além disso, uma cidade cenográfica com 20 mil metros quadrados foi construída na Globo, com reprodução de cada detalhe do Pantanal, com direito até a cachoeira e riacho.

Com isso, o remake da história de Benedito Ruy Barbosa desbancará a maior cidade cenográfica que foi construída para receber os personagens de O Sétimo Guardião (2018-2019), trama de Aguinaldo Silva que ocupou 18 mil metros quadrados dos Estúdios Globo.

Essas questões motivaram a direção a retomar a escalação do elenco, a exemplo do nome de Juliana Paes, que viverá Maria Marruá, mãe de Juma (Alanis Guillen). Cabe lembrar que a ideia inicial era que a novela estreasse em outubro na faixa das nove. Porém, por conta da pandemia e o aumento das queimadas fez com que houvesse mudanças na fila das novelas.

Nessa nova versão, José Leôncio será vivido por Marcos Palmeira. Na original, o papel era de Claudio Marzo. Palmeira estava na novela como Tadeu, filho do protagonista. Agora, o papel caberá a José Loreto.

Jove (Joventino), o mocinho vivido por Marcos Winter em 1990, pode ser interpretado por Jesuita Barbosa. Dira Paes será um dos destaques da história como Filó. Antes, o papel foi interpretado por Jussara Freire.

Osmar Prado vai interpretar o personagem Velho do Rio, que foi recusado por Antonio Fagundes. Inclusive, o veterano já está se preparando para o remake, deixando os cabelos e barba crescerem. Na versão original, exibida pela Manchete, o papel foi de responsabilidade de Claudio Marzo.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›