Após ato falho, Daniela Lima recebe crítica do assessor de Bolsonaro e reage com cobrança

Daniela Lima
Daniela Lima cometeu gafe e deu o que falar (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

Daniela Lima causou com uma nova gafe em telejornal da CNN Brasil, nesta quarta-feira (14), e acabou sendo criticada nas redes sociais. O assessor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Tercio Arnaud Tomaz, ironizou a jornalista e compartilhou o vídeo dela. A famosa, então, reagiu e cobrou respeito.

A polêmica aconteceu quando, após a transferência do político para São Paulo, devido a uma obstrução intestinal, a âncora do CNN 360º cometeu um erro ao trocar as palavras “internado” por “enterrado”.

“Mais um ‘ATO FALHO’ da ‘Jornalista’”, disparou o assessor do presidente em sua conta do Twitter, compartilhando o trecho do vídeo.

Daniela Lima, que chegou a corrigir o erro no momento da fala, rebateu o comentário do aliado do chefe do Executivo. “Tenha respeito, rapaz. Se não por mim, porque vocês não tem mesmo, pelo seu chefe, presidente da República. Presidente do Brasil”, comentou.

“Respeito que todos nós estamos tendo. Tenha vergonha. Ele internado, a gente acompanhando, com correção. Vergonha. E respeito”, exigiu a apresentadora.

A jornalista seguiu: “Sério. Que nojeira. Nojeira. Vocês não respeitam nem quem te dá emprego e paga teu salário. Vergonha. Nojo. Baixo. Desumano. Seria inacreditável. Mas o gabinete do ódio fomenta o ódio até nisso. Na DOENÇA DO BOLSONARO”.

Uma outra situação em telejornal do canal chegou a dar dor de cabeça para Daniela Lima em maio deste ano.

A polêmica aconteceu quando a jornalista encerrou uma participação do colunista Fernando Nakagawa. “Não saia daí porque agora, infelizmente, a gente vai falar de notícia boa, mas com valores não tão expressivos“, iniciou a apresentadora.

Lima completou: “O mercado de trabalho formal registrou um saldo positivo em abril, no mês passado, criação de mais de 120 mil empregos com carteira assinada. O dado foi divulgado hoje pelo Ministério da Economia”.

Enquanto isso, na tela aparecia uma tarja falando que o mês de abril foi o que registrou o menor saldo de vagas formais em 2021. O próprio comentarista Fernando Nakagawa explicou que o mercado esperava um número melhor no mês passado, com 155 mil vagas.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›