Após declarar voto no dia da eleição, Camila Pitanga será julgada pelo TRE do RJ

Camila Pitanga
Camila Pitanga será julgada pelo TRE após declarar voto no dia das eleições (Imagem: Reprodução / Globo)

Camila Pitanga será julgada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro após ter usado as redes sociais para declarar seu voto durante o 1º turno das eleições de 2020.

Na ocasião, a atriz afirmou que sua escolha teria sido Benedita da Silva, sua madrasta, para prefeita do Rio. Segundo a coluna de Ancelmo Gois, do jornal O Globo, o caso dividiu até o Ministério Público Eleitoral, autor da ação contra a atriz.

Em 2006, a filha de Antônio Pitanga também declarou o seu voto à presidência da república durante entrevista à revista UMA. “Não me sinto apta para discorrer sobre o momento político, pois estou aturdida com tudo o que tem ocorrido. Votarei de novo no Lula, sem a inocência de antes“, disse ela à publicação.

Recentemente, ela aproveitou o Dia da Conquista do Voto Feminino no Brasil para comemorar o marco histórico e ressaltou a importância da data para as mulheres. Entre as fotos utilizadas para ilustrar a data, a artista escolheu um registro que tem relação direta com a história de Jaraguá do Sul.

A imagem em questão é uma reprodução do título eleitoral de Alvina Bortolini Panstein, uma das primeiras mulheres jaraguaenses a exercer o direito do voto. Naquela época, ela era uma das poucas mulheres aptas a votar no município depois de um grande cadastramento eleitoral realizado em 1957, ano que consta no título de Alvina.

Não existem muitas informações sobre a jaraguaense, mas pelo documento, é possível saber que ela nasceu em 1919, era doméstica e morava na Barra do Rio Cerro.

Na publicação que acompanhou a foto do documento, Camila reforçou a importância do voto feminino. “Quando perguntarem porque devemos lutar mais e mais por mulheres na política, pela participação feminina nos debates públicos, precisamos lembrar dessa data e que há menos de um século, o simples direito de escolher quem iria nos governar, nos era proibido“, escreveu.

Direitos são conquistados através de muita consciência e luta. Entender que o acontece hoje, já aconteceu, é um passo pra transformar o futuro. Vote, celebre na urna a memória de todas que vieram antes de nós“, completou.

Confira:

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›