Após demissões na RedeTV!, Marcelo de Carvalho divulga cortes da Globo

Marcelo de Carvalho
Marcelo de Carvalho critica demissões na Globo (Imagem: Divulgação / RedeTV!)

Marcelo de Carvalho detonou a Globo após o anúncio da reestruturação do canal carioca que pode acarretar em 2500 demissões. Ele comparou a crise da concorrente com a decisão da RedeTV! em reduzir horas extras para evitar cortes.

No Twitter, o empresário disse que a lei trabalhista no país gera desemprego. “Globo demitindo 2500 pessoas. Há poucas semanas atrás a RedeTV! fez um movimento para reduzir horas extras para evitar demissões”, lembrou.

“Resultado: sindicato na porta, megafone, discursos sem nexo. É que a lei trabalhista traz para o emprego: mais desemprego”, disparou o vice-presidente do canal de São Paulo.

O apresentador escondeu a informação que a emissora da qual é sócio promoveu uma onda de cortes em meio às comemorações dos 20 anos da criação da RedeTV!.

Cláudia Barthel foi uma das profissionais demitidas. Ela recebeu o chamado do RH após ser escalada para o RedeTV News na edição da última segunda-feira (11). A jornalista tinha aparecido horas antes no A Tarde é Sua, no tradicional plantão de informações do jornalismo.

Confira:

Marcelo de Carvalho chama a Globo de máfia

Marcelo de Carvalho soltou o verbo contra a Globo na última sexta-feira (13), após a revelação de que um repórter do Grupo Globo fez uma reportagem sem autorização de Heloísa Bolsonaro, esposa de Eduardo Bolsonaro.

Após a manifestação do presidente Jair Bolsonaro em sua conta no Twitter, o vice-presidente e apresentador da RedeTV! se pronunciou e chamou o repórter da revista Época responsável pela matéria de canalha.

“Vocês entenderam esse caso que o presidente Bolsonaro e o deputado Eduardo Bolsonaro postaram? Um canalha, travestido de paciente da esposa de Eduardo, Heloísa, na realidade era um repórter querendo ‘revelações’. Não obteve nada de comprometedor, claro. Até porque não havia”, apostou.

O empresário comparou a Globo com uma máfia. “Mas entendam uma coisa: até na máfia existe uma regra de que crianças e mulheres são poupadas! Heloísa presta serviços de coach (muito em voga). Poderia ser dentista, engenheira. Ela não ocupa cargo público, deixem a moça em paz!”, pediu.

“Mas sequer as regras da máfia se aplicam ao Grupo Globo! Vamos atacar mulher, vamos fingir-se de repórter ao invés de pedir uma entrevista pelas vias normais! Vamos mexer com a família! Francamente, deplorável. Vergonhoso”, finalizou.

CONTINUE LENDO →

Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter e escreve semanalmente para a coluna Você Sabia?. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.

ALERTAS GRATUITOS